O palhaço “Kelvin, o Magnífico”, como é conhecido na região do Vale do Itajaí, está sendo procurado pela Polícia Civil de Blumenau e cidades vizinhas. O nome verdadeiro do palhaço de 36 anos é Márcio Ricardo da Silva. Segundo o delegado Henrique Stodieck Neto, da Delegacia de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso (DPCAMI), Kelvin é suspeito de estuprar dois irmãos, de 12 e 13 anos, durante os últimos dois meses. O #Crime teria ocorrido na casa das vítimas, no bairro Itoupavazinha, região norte de Blumenau.

Palhaço ganhou a confiança da família

O palhaço estava morando de favor na casa das vítimas após conhecer a mãe dos adolescentes.

Publicidade
Publicidade

Como teria “pego” a confiança da família, Kelvin chegou a dormir no mesmo quarto dos irmãos. Os abusos eram praticados durante as noites, segundo as vítimas. Um dos irmãos abusados disse em depoimento que o palhaço colocava a mão na boca dele para que não gritasse.

Filho conta à mãe que é estuprado

No começo de setembro um dos irmãos não aguentou mais os abusos e decidiu contar à mãe o que estava acontecendo. A mulher então expulsou o palhaço de casa, mas não chamou a polícia. Todavia, o caso foi denunciado de forma anônima na última sexta-feira, 16. Desde lá o palhaço Kelvin não foi mais visto.

Mãe perde a guarda dos filhos

De acordo com o delegado Henrique, a mãe dos adolescentes perdeu a guarda dos filhos porque teria sido negligente. Eles realizaram exames e vão ficar provisoriamente em um abrigo municipal.

Publicidade

Pedido de mandato de prisão

O delegado responsável pelo caso garantiu que o inquérito já foi concluído e está à disposição da Justiça. Um pedido de mandato de prisão foi feito junto ao Fórum nesta semana.

O palhaço procurado pela Justiça trabalha há muito tempo com apresentações e estaria usando um veículo da marca Fiat, com os “Minions” estampados na lataria e com uma caixa de som no teto. Kelvin chegou a se apresentar em algumas escolas municipais durante o ano em Blumenau. Denúncias que possam ajudar a encontrar o suspeito podem ser repassadas à Polícia pelo telefone 181. #palhaço estuprador