Segundo informações da colunista do jornal Estado de S. Paulo, Vera Magalhães, o #Governo deverá investir bastante em publicidade a fim de tranquilizar e informar a população sobre o projeto de reforma da Previdência, principalmente quanto a modificações propostas nos critérios para ter acesso à aposentadoria.

A ideia é que por meio de uma forte campanha publicitária as pessoas possam se familiarizar com os principais pontos do projeto a ser apresentado em breve ao Congresso, muito provavelmente no mês de novembro, assim que terminar o período eleitoral.

De acordo com a colunista do Estadão, o foco maior da publicidade será em deixar claro para a população que sem uma #Reforma da Previdência não será possível, a longo prazo, garantir os benefícios para os aposentados.

Publicidade
Publicidade

Outro ponto relevante, sobretudo para aqueles que ainda não se aposentaram, será explicitar a existência de um modelo de transição das regras atuais para as futuras regras, a fim de que impacte menos os futuros beneficiários.

Para 2016 o governo espera um déficit previdenciário de R$ 146 bilhões, valor que é quase o dobro do apresentado em 2015: R$ 86 bilhões.