Durante encontro com empresários na última segunda-feira (12), em São Paulo, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, defendeu as medidas e projetos do governo para retomada do crescimento econômico e equilíbrio das contas da União, com destaque para o ajuste fiscal e a reforma da Previdência.

Segundo Meirelles, essas duas questões são essenciais para retomar a confiança do empresariado e promover o crescimento econômico novamente. Chegando a esse ponto, ressaltou o ministro, será necessário pensar em ampliar o potencial de crescimento, por isso a necessidade de investir em setores considerados essenciais como infraestrutura, logística e transporte a partir do Programa de Parcerias e Investimentos (PPI).

Publicidade
Publicidade

De acordo com o ministro, o plano de #Concessões a ser anunciado nesta terça-feira (13) será bastante atrativo e realista, mostrando-se uma opção interessante de investimento em comparação com o que há disponível. Para Meirelles, o principal erro do #Governo seria ‘’ver o empresário como inimigo". Segundo ele, um programa de licitação não tem um bom início quando ''se policia o empresário e define quanto ele vai ganhar".