Na noite desse último domingo, (18), disparos de arma de fogo causaram pânico e medo nos fiéis que estavam acompanhando uma missa na cidade de Almino Afonso, município do Oeste do Rio Grande do Norte. O padre, junto dos fiéis, cantavam os cânticos naturais católicos quando, em determinado momento, houve alguns disparos de arma de fogo e o povo que estava sentado acompanhando a missa ficou apavorado e passou a correr para encontrar uma saída. O padre logo pediu para que todos se acalmassem. Os tiros aconteceram à frente da igreja e a vítima dos disparos entrou na sacristia para se esconder dos meliantes que o procuravam.

“Vamos nos acalmar, a polícia já foi chamada, as pessoas que tentaram atirar já não estão mais aqui.”, dizia o padre para as pessoas que ficaram dispersas dentro da igreja.

Publicidade
Publicidade

Assista o vídeo divulgado pelo portal G1:

 

Vamos nos acalmar, quem atirou não vai ficar aqui, com certeza já foi embora.”, continuou a afirmar o condutor da missa no município de Almino Afonso. Com o episódio que deixou o povo sem saber o que fazer, o padre decidiu que não havia mais clima para continuar com uma missa, lodo depois de acontecer disparos em frente à igreja. Dessa forma, ele pediu para que o povo se sentasse nos assentos e aguardassem a chegada da polícia que naquele momento já teria sido notificada do que estava acontecendo naquele momento. “Abençoe-vos Deus todo poderoso, em nome do pai, do filho e do espírito, e que em paz o senhor nos acompanhe”, encerrou a missa.

Em seguida, a polícia chegou ao local e a ‘vítima’ que havia corrido para dentro da igreja já não se encontrava mais no local.

Publicidade

De acordo com os oficiais, os atiradores também não foram mais encontrados, porém, segundo os policiais, já se sabe a identidade dos dois meliantes que atiraram em frente à igreja, no entanto, até esse momento, eles ainda não foram encontrados para serem presos. Segundo populares, que estavam presentes no momento do episódio, algumas pessoas, quando passaram a correr dentro da própria igreja, com medo, machucaram-se.

A vítima dos disparos, mesmo tentando se esconder dentro da sacristia, ainda foi alvejada por um dos disparos, no braço. #Mural de Notícias #Crime