Um atentado na tarde de ontem (28) ceifou a vida do candidato a prefeito José Gomes da Rocha (PTB), de 58 anos, na cidade de Itumbiara, estado de Goiás. Junto dele estava o vice-governador José Eliton (PSDB), de 44 anos. Nas cenas mostradas em um vídeo é possível ver o momento exato em que o homem desce de um carro e efetua diversos disparos contra a caminhonete em que estavam os políticos.

O crime ocorreu durante um comício feito pelo gabinete do candidato a prefeito, em que estava presente como convidado especial o vice-governador. Os disparos feitos atingiram quatro pessoas, incluindo um cabo da PM, Vanilson João Pereira, de 36 anos, que fazia a segurança do veículo de Zé Gomes.

Publicidade
Publicidade

Ambos acabaram morrendo após serem alvejados. O vice-governador do estado e o advogado da Prefeitura de Itumbiara, Célio Rezende, de 62 anos, também foram atingidos e estão internados no Hospital de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira (HUGOL), em Goiás.

O atirador foi identificado como Gilberto Ferreira do Amaral, de 53 anos, um ex-funcionário da prefeitura. Ele acabou sendo morto pelos seguranças do governo. A situação de saúde de José Eliton e de Célio Rezende é delicada mas estável. Eles estão internados na Unidade de Terapia Intensiva e conscientes. José Eliton cumpria as atividades como governador em exercício, uma vez que o governador Marconi Perillo (PSDB) está em viagem desde de o último dia 19. Ele antecipou a volta dos EUA para poder dar assistência à família do vice-governador.

Publicidade

Diversas lideranças e políticos se manifestaram e prestaram condolências às famílias das vítimas. O PSDB divulgou nota lamentando o acontecimento e dizendo que o candidato José Gomes liderava as pesquisas e que sempre foi um homem honrado e trabalhador. O TSE também divulgou uma nota, através de Gilmar Mendes, dizendo repudiar o atentado e que medidas serão tomadas para que as investigações sobre as mortes sejam feitas o mais rápido possível. As duas vítimas foram enterradas nesta quinta-feira (29) na cidade de Itumbiara. #Crime #Investigação Criminal