Um vídeo postado por uma página noticiosa no Facebook, de Sorocaba, mostra um garoto ajudando guardas civis metropolitanos a conter um indivíduo.

O vídeo, feito com celular de uma mulher, começa registrando a tentativa dos guardas em conter o rapaz, que aparece no chão, reagindo às tentativas de ser algemado.

Ele consegue escapar do guarda que o persegue e o segura pelo pescoço, forçando sua cabeça contra o chão. O jovem não se dá por vencido e se desvencilha, vai para o meio da rua e depois volta para revidar as agressões que sofreu.

Eles faz gestos de luta e parece disposto a continuar o combate contra os agentes. A moça que filma pede a todo momento “segura ele, gente”.

Publicidade
Publicidade

O vídeo então passa a mostrar várias pessoas na frente da briga. Segundos depois é possível ver de novo o suspeito já caído no chão e imobilizado. Para a surpresa de todos, quem o segura no chão por meio de um mata leão é um garoto de boné vinho e, não, os guardas.

Graças ao rapaz que teve a atitude de interferir, os agentes conseguiram enfim algemar o suspeito, que fica sem ar e na iminência de perder os sentidos.

Os guardas gritam “algemou, algemou”, dando a senha para o garoto soltar o indivíduo. O problema é quando o garoto se levanta e retira seu braço da posição de mata leão, desnecessariamente bate com força e contra o chão a cabeça do suspeito, que aí sim perde os sentidos imediatamente. O guarda então checa o estado do suspeito. Uma popular grita que está saindo sangue da cabeça.

Publicidade

Algumas pessoas se aproximam para auxiliar o homem desmaiado.

Não é possível saber o que o suspeito abordado tinha feito para merecer ser imobilizado. O fato é que enquanto alguns populares apoiam a atitude do garoto de boné em ajudar os guardas, um homem chega a discutir com o rapaz por ele ter se excedido e ter feito mais do que simplesmente imobilizá-lo.

Enquanto as pessoas discutem, o homem algemado segue desacordado. Uma moça se aproxima para checar seus sinais vitais.

O vídeo, que tem três minutos, foi postado na última segunda-feira (10) e até esta quarta-feira (12), tinha mais de 590 mil visualizações, 4.700 comentários e 6.500 compartilhamentos. De forma geral, os internautas elogiam a coragem e o “heroísmo” do rapaz que auxiliou a Guarda Civil.

#Crime #Casos de polícia