Um #Crime de #Estupro de vulnerável foi registrado na terça-feira [25], numa casa, no Setor Industrial, na cidade de Matupá [MT]. O acusado foi identificado como Anderson José de Morais, 33 anos de idade, que encontra-se preso. De acordo com testemunhas, a criança de oito anos, que não teve seu nome revelado por motivos de segurança, estava brincando com uma coleguinha que mora no mesmo quintal, quando Anderson, que é padrasto da coleguinha da vítima, chegou ao local, levou a vítima para a sua casa, colocou ela em cima de uma cama e começou a violentar sexualmente a criança.

Durante o abuso, Anderson ameaçava de morte caso ela contasse o que tinha acontecido para alguém.

Publicidade
Publicidade

Quando a criança retornou para a sua casa, em estado de choque, relatou para a sua mãe que seu vizinho teria abusado sexualmente dela. A mãe da vítima logo acionou a polícia e descreveu o que tinha acontecido com a sua filha.

De acordo com testemunhas, Anderson, que morava em Matupá, trabalhava em uma revendedora de gás, mas no dia do crime ele pediu demissão do emprego e fugiu. O acusado era mais conhecido, popularmente, como "Gustavo", seu nome artístico, pois ele cantava em várias lanchonetes da cidade. Ainda de acordo com testemunhas, o acusado teria fugido em motocicleta Honda Biz. A vítima de estupro foi encaminhada para a cidade de Sinop [MT], onde passou por exames de corpo de delito.

Prisão do acusado dois dias depois do crime

Um homem foi preso na manhã de quinta-feira [27], na zona rural da cidade de Guarantã do Norte [MT].

Publicidade

De acordo com a Polícia Militar, a polícia recebeu uma ligação anônima de um comerciante dizendo que um acusado de estupro, que tinha ocorrido, na cidade de Matupá, estava se escondendo no local.

Quando os policiais militares chegaram ao local informado, encontraram o acusado, que estava escondido na casa de familiares que moram na comunidade rural. Ele foi apreendido e encaminhado para a Polícia Civil, e ficará a disposição da justiça.

Outro caso, em Santa Cruz do Xingu

Outro caso semelhante aconteceu na terça-feira [25], no município de Santa Cruz do Xingu [MT]. de acordo com o portal Nortão Noticias, a Polícia Militar prendeu um homem de 39 anos, após ter estuprado a sua enteada de 10 anos.

De acordo com a vítima, ela contou para seus familiares que o padrasto colocou uma venda em seus olhos e em seguida tirou a sua roupa e começou a estuprá-la. O acusado foi preso; em seu depoimento à polícia, negou o abuso e disse que apenas tinha tirado a sua roupa da vítima. #Casos de polícia