Enquanto muitos brasileiros precisam esperar meses e até mesmo anos para conseguirem ter o direito à aposentadoria, a ex-presidente Dilma Rousseff, em menos de 24 horas, teve o seu benefício liberado. No dia 31 de agosto, o Senado assinou o impeachment da petista e em menos de 24 horas ela já estava aposentada, um feito realmente incrível para um país onde a burocracia para se chegar à aposentadoria é enorme e muitos cidadãos, mesmo não tendo mais condições de trabalharem, não conseguem passar nas perícias.

De uma forma incrivelmente rápida, Dilma Rousseff conseguiu se aposentar com um salário mensal de R$ 5.189,92 que é o teto da Previdência Social hoje em nosso país.

Publicidade
Publicidade

Um brasileiro precisa esperar cerca de 74 dias para conseguir primeiro, marcar a data de requerimento da aposentadoria e isso se der tudo certo, pois caso haja algum empecilho, ou até mesmo uma greve, a pessoa terá que aguardar por muito mais tempo. Em Brasília, por exemplo, onde Dilma conseguiu se aposentar em menos de 24 horas, o tempo médio de espera é de 115 dias, mas muitos são aqueles que esperam bem mais tempo e isso é só para dar entrada ao pedido de aposentadoria, tendo que continuar aguardando ainda mais para cumprir todas as exigências e etapas impostas.

A comodidade para Dilma conseguir sua aposentadoria foi tão grande, que ela não precisou nem ir à agência da Previdência Social, tendo conseguido furar todas as filas, uma vez que seu ex-ministro da Previdência, Carlos Gabas, tomou todas as providências para que ela ficasse no conforto de sua residência, enquanto era providenciada sua aposentadoria.

Publicidade

O ex-ministro de Dilma foi à agência da Previdência em Brasília, localizada na quadra 502, Asa Sul, entrou pelas portas do fundo e foi a uma área restrita da repartição, onde foi atendido por Iracemo da Costa Coelho, responsável pela agência. Em poucos minutos, a aposentadoria da ex-presidente já estava aprovada.

Dilma não precisou nem solicitar o agendamento, que é exigido a todo cidadão brasileiro, o que causou grande revolta, afinal, quantos brasileiros hoje estão incapacitados para o trabalho e mesmo tendo contribuindo durante anos, não conseguem obter o benefício. #INSS #Dilma Rousseff #Corrupção