Na madrugada desta quinta-feira, 14, morreu o ator Orival Pessini, conhecido por popularizar aqui no Brasil o personagem #fofão. Ele tinha 72 anos de idade e, segundo informações do portal de notícias UOL, o ator lutava contra um  câncer no baço. Ele havia sido internado há apenas duas semanas em uma conhecida clínica de São Paulo. A morte dele acabou surpreendendo muitas pessoas, especialmente porque Fofão já tinha passado por um câncer - de garganta - o qual ele ficou completamente recuperado. 

O ator iniciou a sua carreira no teatro, mas já em 1963 entrou na TV Tupi justamente num programa infantil, 'Quem Conta um Conto'.

Publicidade
Publicidade

Na TV Globo, ele já estreou como os macacos Charles e Sócrates do programa 'Planeta dos Macacos'. Já com o personagem Patropi, ele participou de atrações como 'Praça Brasil', da Band, 'A Praça é Nossa', do SBT, e 'Escolinha do Professor Raimundo'. O personagem mais conhecido do ator, no entanto, acabou protagonizando o infantil 'Balão Mágico'. Fofão fez tanto sucesso que chegou a ganhar da TV Bandeirantes um programa com o nome dele. 

A despedida de Simony

Uma das atrizes que trabalhou com Orival, Simony, que também já apresentou programas e é cantora, foi uma das que se despediram do ator. Ela escreveu um texto emocionante em seu Instagram. Leia a seguir um trecho: "Hoje é um dia tão triste, mas tão triste porque eu acabo de perder meu amigo, meu boneco que fez tanto minha alegria e a de muitas crianças".

Publicidade

Ela ainda disse que seu amigo estava indo com Deus e que Orival seria para ela um "eterno fofão". Os fãs da famosa também comentaram com pesar a notícia. Veja abaixo alguns dos comentários:

"Assim que eu soube da notícia, lembrei-me logo da dupla que vcs faziam no Balão Mágico. Como vcs fizeram nossa alegria, o Fofão era muito querido pelas crianças daquela época. Seu humor era leve, engraçado e inocente. Vai ficar marcado em nossa mente e no nosso coração. Descanse em paz, Fofão. Forças, minha linda Si.".

"Eu tenho muita lembrança boa deste tempo e triste saber que pessoas boas vam embora cedo".