Menino morreu após partida de #game online e amigos assistiram tudo pela webcam. Gustavo Detter, de apenas 13 anos, foi encontrado morto enforcado em uma corda na casa de seu pai, em São Vicente. O menino foi encontrado ainda com vida pelos familiares, mas acabou não resistindo e morreu em menos de 24 horas após ter sido encontrado.

A família acredita que tudo aconteceu durante um jogo na internet, e que Gustavo Detter foi induzido a fazer esse desafio pelos outros participantes. A polícia de São Paulo está investigando todas as conversas e gravações feitas na webcam durante esse jogo.

Gustavo estava jogando online com outros garotos, quando começou a se enforcar. O momento em que o menino colocou a corda no pescoço e se pendurou no quarto foi assistido pelos outros participantes - uma cena que foi filmada por ele mesmo e transmitida pela webcam.

Publicidade
Publicidade

Um dos participantes disse que Gustavo tinha se "enforcado novamente", o que indica que essa não teria sido a primeira vez que as crianças fizeram essa "brincadeira".

O garoto teria perdido o jogo e o desafio seria se pendurar pelo pescoço, um desafio que fez algum sucesso recentemente na internet, e que consistia em os jogadores tentarem se sufocar.

Ao cortar a circulação de oxigênio, os participantes passavam por uma sensação de quase desmaio, uma situação muito perigosa que pode provocar graves lesões ou mesmo a morte, como aconteceu com Gustavo.

Segundo a família, foi esse "game" que vitimou Gustavo Detter. No entanto, assim que perceberam que o menino não estava reagindo, os outros jogadores contataram uma prima de Gustavo, que alertou imediatamente os tios do menino. Foi um tio que encontrou Gustavo, já inconsciente.

Publicidade

O garoto ainda estava vivo quando foi transportado para o Hospital Municipal de São Vicente, na noite de sábado (15), onde foi transferido para outro hospital em Santos, vindo a falecer horas depois.

O tio do menino já apresentou queixa na delegacia.

O caso está reiniciando o debate sobre o perigo desse tipo de desafios na internet. #games #Casos de polícia