Nesta sexta-feira (7) alguns estados resolveram dar trégua à #Greve que já tinha completado seus exatos 31 dias na última quinta feira (6). Considerada a maior greve de sempre, haviam rumores que a mesma estaria ocorrendo por conta do atual chefe de governo e sua administração. Mas ao que parece os bancários estavam se empenhando para melhorar condições, como aumento do piso salarial. 

Cerca de mais de 13.000 agências estavam totalmente inativas e as pessoas já se encontravam muito insatisfeitas por conta dos problemas que dependiam da entrada no estabelecimento e posteriormente do efetivo trabalho dos funcionários. Muitos se encontravam impossibilitados de sacar dinheiro e fazerem outras operações pois se encontravam com cartões vencidos e outras situações que não poderiam ser resolvidas por uma lotérica ou outro estabelecimento que estava permitindo apenas o pagamento de contas (não atrasadas) e operações mais simples, como saques, depósitos, pagamento de boletos, transferências, entre outros. 

Parece que esse tormento teve fim após uma reunião realizada nesta quarta feira (5), que de primeiro momento não demonstrou que iria sair nenhum acordo, pois na quinta feira (6), todas as portas de agências que estavam em greve continuaram totalmente fechadas.

Publicidade
Publicidade

Somente hoje, a maioria das agências já voltou com suas atividades normais. Segue a lista dos estados em que os #bancos reabriram as portas: 

1- Alagoas;

2-Amapá; 

3- Acre;

4-Amazonas;

5- Bahia;

6- Ceará; 

7- Distrito Federal; 

8- Espírito Santo; 

9- Goiás;

10- Maranhão; 

11- Mato Grosso; 

12- Mato Grosso do Sul; 

13- Belo Horizonte (MG); 

14- Divinópolis; 

15- Governador Valadares; 

16- Zona da Mata; 

17- Pará; 

18- Paraíba; 

19- Paraná; 

20- Pernambuco;

21- Caruaru;

22- Piauí; 

23- Rio de Janeiro; 

24- Rio Grande do Norte; 

25- Rio Grande do Sul;

26- Rondônia; 

27- Roraima; 

28- Santa Catarina; 

29- São Paulo (algumas regiões como Osasco, Campinas e Capital e alguns lugares do interior como Ribeirão Preto, Rio Preto e Araçatuba). 

Algumas agências ainda não aderiram à cessação da greve mas espera-se que até o começo da outra semana todas estejam funcionando normalmente.  #Brasil