Um homem matou o próprio filho de apenas dois anos a golpe de facadas. O #Crime que teve uma motivação totalmente fútil vem provocando indignação. O homem matou o filho porque não queria que a mulher fumasse.

O caso chocante aconteceu no município de Araioses, no estado do Maranhão. O assassino foi identificado como Paulo James da Silva, de 32 anos. Ele era pescador e, além de matar o filho, também agrediu o enteado de 9 anos.

O casal foi a uma festa que acontecia em um bar. Paulo teria ficado irritado com a esposa após ela acender um cigarro, pois ele não gostava que ela fumasse. O pescador estava conversando com os amigos, enquanto a esposa também colocava a conversa em dia com suas amigas.

Publicidade
Publicidade

Paulo falou que a esposa não poderia fumar, principalmente quando estivesse fazendo uso de bebida alcoólica.

O casal estava morando no fundo da casa dos sogros. O pescador era conhecido como uma pessoa pacífica, mas tinha muito ciúmes de sua mulher. Eles se casaram há aproximadamente dois anos e tiveram, como fruto do relacionamento, o pequeno Juan Everton. A mulher já tinha duas crianças de relacionamentos anteriores, um filho de nove anos e outro de quatro anos.

Quando a esposa começou a fumar, o pescador acabou agredindo a mulher durante a festa. Extremamente irritado pela desobediência, ele saiu fazendo ameaças e disse que acabaria com a vida dos filhos dela. Após a ameaça, ele foi embora da festa. A esposa não teria acreditado que o companheiro fosse realmente cumprir o que falou.

Ao chegar em casa, o pescador que estava tomado de fúria, pegou uma faca de cozinha e deu um golpe no enteado de nove anos que estava assistindo televisão na sala.

Publicidade

Na sequência, o homem foi atrás do filho de dois anos que estava dormindo em uma rede e desferiu os golpes de faca, matando o próprio filho. O irmão mais velho, mesmo ferido, ainda teria tentado defender o caçula. O enteado, de quatro anos, percebeu o que estava acontecendo e conseguiu se esconder, escapando da fúria do padrasto.

O sogro do pescador fez uma tentativa de impedir que Paulo fugisse do local, porém, ele não conseguiu. Ao tentar fugir, o pescador teve seu castigo, ele acabou eletrocutado quando encostou em um poste. O homem foi socorrido e levado para o hospital, onde não resistiu e faleceu. A #criança de nove anos precisou passar por um procedimento cirúrgico e passa bem, não correndo risco de morte. #assassinato