O crime aconteceu na tarde desta quarta-feira, dia 19 de outubro, em um bar no bairro de São João, na cidade de Feira de Santana, a 100 km de Salvador, na Bahia. Um jovem que acabava de completar 26 anos, Wildenberg Santos da Silva, comemorava seu aniversário com seu pai e um rapaz que ainda não foi identificado.

As imagens foram registradas por uma câmera de segurança, instalada no estabelecimento onde a vítima se encontrava. As causas do #Crime ainda são desconhecidas da polícia.

Por volta das 17h30, Wildenberg estava aniversariando e conversava num bar na companhia de seu pai e de outro homem. A vítima e o homem mexiam no celular quando foram surpreendidos pelo criminoso que desceu da garupa de uma moto, correu na direção de Wildenberg e deflagrou os tiros.

Publicidade
Publicidade

O homem que estava na mesa com a vítima saiu correndo e não foi atingido. O pai do aniversariante também não foi alvejado. Após os disparos, o atirador subiu novamente na garupa da moto e fugiu.

Na gravação aparece um veículo que reduz a velocidade no momento em que a moto se aproxima do bar, parecendo querer fazer cobertura para os criminosos. No momento em que a moto se evade do local, o carro vai embora também.

A polícia esta investigando o caso para saber se de fato o motorista do veículo teria participação do crime. Os agentes irão ouvir as testemunhas, recolher provas, e estão à procura de outras câmeras de seguranças instaladas na região, para averiguar as imagens e ajudar na identificação dos bandidos.

Wildenberg não tinha passagens pela polícia. As causas que motivaram o homicídio ainda são desconhecidas pela polícia.

Publicidade

O crime está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios de Feira de Santana. Até a manhã desta última quinta-feira, 20 de outubro, nenhum suspeito havia sido preso.

A vítima foi alvejada no pescoço e no abdômen, não resistindo aos ferimentos e morrendo ali mesmo no local, antes mesmo do socorro chegar. O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal de Feira de Santana.

O homem que estava no bar junto com Wildenberg e o pai ainda não foi identificado. Ao ser identificado e localizado, deverá ser ouvido pela polícia.

De acordo com o delegado Gustavo Coutinho, da Delegacia de Homicídios, embora o jovem não tenha antecedentes criminais, existe uma suspeita de que ele teria envolvimento com tráfico de drogas. Coutinho informou que já está em posse das imagens do crime para tentar identificar os criminosos e elucidar o caso.

#Investigação Criminal