A empresa A3 Entretenimento, que administra diversos artistas e grupos musicais brasileiros, foi um dos alvos da Operação “For All”, deflagrada pela Polícia Federal e Receita Federal nesta terça-feira, dia 18. Incumbida de apurar indícios de lavagem de dinheiro, entre outros crimes, a operação pediu e conseguiu na Justiça o bloqueio de alguns bens do grupo Aviões do Forró, que faz parte da A3. Falsidade ideológica e associação criminosa também estão entre as suspeitas dos investigadores, além de fraudes no imposto de renda.

De acordo com o Jornal Estadão, o grupo é suspeito de omitir ou modificar dados nas declarações de Imposto de Renda.

Publicidade
Publicidade

O objetivo seria evitar ou reduzir a cobrança de tributos. A PF conseguiu mandados de busca e apreensão e quebra de sigilo fiscal até mesmo contra os vocalistas do grupo de forró.

Além dos 32 mandados de condução coercitiva e dos 44 mandados de busca e apreensão, a Justiça decidiu favoravelmente aos bloqueios de imóveis e carros de pessoas físicas e jurídicas, ligadas ao grupo empresarial que trabalha na área de entretenimento e shows.

Muitos dos imóveis e veículos não teriam sido declarados e há ainda contas bancárias com movimentações muito acima dos rendimentos declarados. Por meio da quebra do sigilo bancário e fiscal, os agentes descobriram ainda pagamentos altíssimos em dinheiro vivo.

O nome da Operação - “For All” - é alusivo ao termo que em português significa para todos. Há relatos que a palavra forró vem de For all, que era a expressão que ingleses que viviam em Pernambuco usavam para designar os bailes populares abertos ao público.

Publicidade

Os pernambucanos "aportuguesaram" a expressão até que foneticamente ela se transformasse em “forró”.

A Banda Aviões do Forró emitiu um comunicado à imprensa para se pronunciar sobre o caso. Na nota, o grupo esclarece que já expressou à Polícia Federal sua total disposição em ajudar nas investigações, fornecendo todas as informações que lhe forem solicitadas para solucionar as dúvidas das autoridades.

Vídeo:

#Aviões do Forró #Crime #Casos de polícia