Atenção redobrada para quem dirige e procura fugir das multas de trânsito. A partir do dia 1º de novembro, as multas de trânsito ficarão mais caras. O intuito do Departamento de Trânsito - #detran, é o de coibir as infrações cometidas pelos motoristas no Brasil. Diversas infrações sofrem reajustes, entre elas, está a multa para quem for pego dirigindo alcoolizado, que sofrerá um grande ajuste no seu valor.

É importante seguir as leis de trânsito para a garantia de mais segurança nas estradas e rodovias do país. O endurecimento das leis e aumento dos valores das multas não agradam aos motoristas, que, a partir do mês de novembro, terão que pagar mais alto pelas multas que receberem.

Publicidade
Publicidade

Multa dobra de valor para quem for pego dirigindo embriagado a partir de novembro

Para quem for pego dirigindo alcoolizado, a multa, que era de R$ 1.915,00, sofrerá ajuste e chegará a R$ 2.934,70. O aumento contabiliza índice superior a 100% de reajuste, e a medida vale a partir de novembro. O motorista que beber e pensar em pegar seu carro agora terá uma multa bem maior e isso poderá contribuir na diminuição das vítimas do trânsito.

Multas consideradas infrações leves também sofrem reajustes

Mas não é só essa multa que sofrerá reajustes a partir de novembro de 2016. Além da infração de dirigir sob efeito de álcool, outras multas serão aumentadas para os motoristas que não cumprirem a lei. As infrações consideradas médias, que tinham um valor de R$ 53,20, a partir de novembro sofrerão reajustes.

Publicidade

As infrações leves terão o valor de R$ 88, 38 no mês que vem.

Infrações graves e gravíssimas entram em reajuste realizado pelo DETRAN em novembro

As multas consideradas infrações graves e gravíssimas também sofrerão reajustes expressivos pelo DETRAN. Para quem cometer uma multa de trânsito referente à infração grave, o valor incidirá em R$ 195,23. Atualmente, o valor da infração grave é de R$ 127,69. O motorista, que cometer uma infração gravíssima, terá uma multa maior em novembro também. O valor da multa passará de R$ 191,54 para R$ 293,47, um aumento superior a cem reais, que vai doer na bolsa de todos os motoristas brasileiros. #multa de transito #Governo