A ação de um pai, atento a tudo que acontece com sua família, está servindo de exemplo para muitos adultos, pois ele agiu rapidamente e conseguiu ajudar a polícia a prender um pedófilo em flagrante. O caso aconteceu na quarta-feira, dia 19, e deixa claro como é importante que os pais estejam sempre atentos a tudo que acontece com seus filhos.

O pai não é nenhum profissional da área de tecnologia, mas bastou ser um pouco mais atencioso para descobrir que um homem estava trocando mensagens com seu filho de 11 anos, e chegou a marcar com o garoto deles se encontrarem. O pai do adolescente marcou um encontro, se passando pelo filho e avisou à polícia.

Publicidade
Publicidade

Tudo foi combinado e o pedófilo estava crente que iria atacar mais uma vítima, só que ele acabou foi preso pelos policiais.

Os PMs da 54 DP, em Belford Roxo, Baixada Fluminense, prenderam Johnathan Davidson de Oliveira Benedito e descobriram que ele vinha usando as redes sociais como canal para entrar em contato com crianças e, assim, tentava marcar encontro com elas, sem o conhecimento de seus pais. O pedófilo foi no Facebook, criou um falso perfil se passando por uma garota e começou a trocar mensagens com os adolescentes. Ele usava, inclusive, algumas imagens pornográficas para atrair a atenção dos garotos. Ele ficava perguntando o que os meninos achavam das fotos e então marcava um encontro onde pagaria R$ 50,00 para fazer sexo oral com eles.

A polícia tem quase certeza que o sexo oral não chegou a ser realizado, mas foi graças à ação rápida do pai.

Publicidade

O delegado Henrique Ferreira Guimarães, responsável pelo caso, está dando início às investigações para descobrir se ele chegou a manter relações com outras crianças que ele conhecia pelo Facebook.

O delegado já sabe que o pedófilo sempre escolhia as vítimas com idade entre 10 e 13 anos, que eram meninos e, primeiramente, tentava ganhar a confiança dos garotos. Usando um perfil falso com nome de Bruna, o sujeito, após conquistar a confiança das vítimas, dizia a eles para adicionarem um amigo como contato, que era ele mesmo. Aí a tal Bruna, que na verdade era ele, dizia para os garotos fazerem sexo oral com o amigo dela, que eles receberiam R$ 50,00.

A polícia já está com o celular do pedófilo e, no aparelho, foram encontradas dezenas de fotos de crianças nuas. O delegado reforçou o alerta para que todos os pais tomem muito cuidado com os filhos que ficam conectados, pois as crianças acessam as redes sociais sem que os pais saibam com quem elas estão mantendo contato e o que eles estão combinando. #Pedofilia #Crime #Casos de polícia