A segunda fase da operação 'Barba Negra' foi executada hoje com o auxílio da Interpol. Policiais federais cumprem mandatos de prisão, busca e apreensão nos Estados de São Paulo, Minas Gerais, Paraíba e Pernambuco. No momento, são 12 mandatos, 05 pessoas detidas e 01 foragida. Os 03 sites de filmes online que estavam sendo investigados foram retirados do ar na tarde desta quinta-feira (13). Eles operavam ilegalmente e responderão aos crimes de constituição de organização criminosa e violação de direitos autorais. Os sites envolvidos são Armagedon Filmes, Mega Filmes HD 2,0 e Filmes on line Grátis.

Segundo a polícia, os administradores dos sites lucravam com anúncios de propagandas. Os valores ainda não foram divulgados e todos os envolvidos permanecem com suas contas bancárias bloqueadas.

Publicidade
Publicidade

Estes sites, juntos, tinham mais de 64 milhões de visitas mensais, e 7% de seus acessos eram de Portugal e Japão. Eles exibiam anualmente mais de 11 milhões de títulos pirateados, acarretando um enorme prejuízo na indústria cinematográfica.

Os sites eram hospedados nos Estados Unidos, na tentativa de dificultar que chegassem aos envolvidos. Entretanto, a #Polícia Federal teve o auxílio da polícia Internacional, empenhada em acabar com a pirataria que envolve direitos autorais. 

A primeira fase da operação foi em novembro de 2015. Nessa época, foram presos os responsáveis pelo Mega 'Filmes HD' Thalita Cardoso e Marcos Cardoso, por 10 dias; eles respondem pelos crimes em liberdade. 

Uma pesquisa contratada pela SICAV junto à Motion Picture Association e auditada pela empresa 'Tendências Consultoria' mostra que existem mais de 400 sites com conteúdo pirateado no mercado brasileiro.

Publicidade

Isso afeta diretamente o PIB numa soma em torno de R$ 3,5 bilhões a menos nos cofres públicos. 

Infelizmente, uma grande parte dos internautas brasileiros baixam filmes e músicas em sites piratas. Os prejuízos nos últimos 17 anos fizeram com que muitas gravadoras fechassem suas portas; isso afeta ainda o comércio, aumentando o quadro de desemprego no país.  #Crime #Internet