O CNH Social é um programa que já tem alguns anos e foi criado no intuito de ajudar a população de baixa renda a ter direito à carteira nacional de habilitação, aumentando assim a qualificação e ajudando na oportunidade de emprego para os beneficiados. Com a crise vivida no país, as ofertas de emprego estão mais escassas e o mercado de trabalho mais exigente, por isso é importante ter um diferencial. Tem cargos que procuram qualificações específicas, como idioma, cursos profissionalizantes, e tem outros que querem apenas candidatos habilitados. E são esses candidatos de baixa renda que o CNH social deseja ajudar.

Muitas pessoas têm vergonha de participar de #Programa Social, mas a população deveria entender que é um direito adquirido, já que o governo tem por obrigação promover programas que melhorem a qualidade de vida da população.

Publicidade
Publicidade

Seja ela na renda, como é o caso do programa Bolsa Família, seja na habitação, ou na capacitação profissional, como é o caso da carteira de habilitação.

Veja como funciona o programa

O CNH Social já existe desde 2011, mas infelizmente nem todos estados brasileiros são beneficiados com o programa. Os que possuem esse benefício exigem alguns critérios para que os candidatos participem.

O curso é totalmente gratuito, sendo assim, a autoescola não poderá cobrar nenhum valor do candidato. Já em relação ao material utilizado, normalmente são usadas apostilas, sendo opcional o candidato adquirir ou não.

Para se inscrever, o candidato terá que se cadastrar através da internet e aguardar a lista dos aprovados. Depois de aprovado, o candidato terá que comprovar a veracidade das informações fornecidas no momento da inscrição.

Publicidade

Requisitos para a vaga do CNH Social

Como qualquer programa social, o CNH Social é destinado à população de baixa renda, e quem já estiver inscrito em outro programa social, como o bolsa família, terá prioridade à vaga. O candidato que quiser concorrer precisa ser maior de 18 anos, tem ser alfabetizado, possuir renda familiar até dois salários mínimos, estar desempregado há pelo menos um ano, ser beneficiário de algum programa social, ser estudante de rede pública e possuir bom desempenho, entre outros requisitos. O programa beneficia quem quer tirar a primeira habilitação e quem também deseja qualificá-la.

Documentação

Os documentos exigidos para ingressar na autoescola pelo CNH Social são: RG, CPF, CNH, CTPS, ou Reservista. Também será necessário levar um comprovante de residência atualizado e comprovar o estado civil, caso o candidato seja casado, tenha contrato de união estável, ou seja, divorciado. Por último, deve ser apresentado o comprovante de renda do candidato. Para todos esses documentos, serão necessários os originais e as cópias.

As inscrições para o programa CNH Social 2017 ainda não foram abertas. A primeira fase do programa acontece no site do DETRAN de cada cidade. Para saber se sua cidade é participante do programa consulte no DETRAN de seu estado e não perca a oportunidade. #CHN