O #Papa Francisco surpreendeu neste fim de semana, quando anunciou que vai tornar o cardeal Dom Sério da Rocha em arcebispo de Brasília. O anúncio, no entanto, não agradou a todos. O site da arquidiocese na capital federal acabou sendo atacado por hackers. Na página, que costuma divulgar notícias envolvendo o papa, eventos religiosos e etc, foi colocada uma música de reggae. Além disso, a página inicial do site também foi trocada por uma tela preta e uma incitação ao uso da maconha, que no Brasil tem venda proibida e é conhecida por ser uma substância ilícita. Nomes de supostos invasores da página também foram publicados. "Esse som foi pra você meu amor...

Publicidade
Publicidade

I love you marijuanna", estava escrito na mensagem publicada pelo grupo de invasores. 

De acordo com informações do portal de notícias G1, a  Arquidiocese de Brasília informou que trabalhava para corrigir o problema. No entanto, a previsão é que o problema apenas seja corrigido nesta segunda-feira, 10. O site, até a publicação dessa reportagem, ainda continuava a repercutir as informações de apologia à maconha. Além isso, ele exibia um símbolo de uma ave com o nome do grupo, que se nomeia como "Brazilian Cyber Army" (cyberexército brasileiro, em tradução livre). O cardeal que foi eleito arcebispo pelo Papa não chegou a comentar a invasão ao site. No entanto, ele afirmou que ficou surpreendido com a informação. 

Dom Sérgio Rocha revelou que Papa Francisco acaba reconhecendo e valorizando a igreja de Brasília e o país, conhecido por ser um com o maior percentual de católicos em todo o planeta.

Publicidade

No momento em que descobriu que seria elevado à categoria de arcebispo, o religioso fazia a chamada visita pastoral. Ele ainda falou que seu sentimento também é de agradecimento e esperança, já que a nomeação é uma grande honraria. Dos 17 novos arcebispos eleitos por Francisco, 13 deles tem menos de 80 anos e podem ser eleitos o novo pontífice da igreja católica. O brasileiro entra na linha de sucessão do argentino, podendo até substituí-lo no futuro. Isso, é claro, seja assim eleito.  #Religião #Crime