Quatro jovens, entre 13 e 16 anos de idade, foram acusadas de tentativa de assassinato de uma amiga de 14 anos, na cidade de Trindade, em Goiás. A cidade está em choque com a repercussão que o caso está tendo. As jovens chegaram até a fazer um buraco para enterrar o corpo da vítima. Segundo informações repassadas pela delegada, as adolescente teriam feito uma reunião na terça-feira, 27, para detalhar como seria a função de cada uma no assassinato.

Após dois dias, já na quinta-feira, 29, as garotas convidaram a vítima para uma falsa festa, que seria realizada na casa de uma das acusadas. Quando a vítima chegou ao local da falsa festa, começou a sessão de tortura.

Publicidade
Publicidade

As adolescentes colocaram um pano na boca da vítima para que ela não gritasse. Na tortura elas usaram pedaços de madeira, um martelo e um facão. A vítima teve vários cortes nas costas e na cabeça. A garota teve até seu aparelho dentário arrancado com uma faca.

Segundo a polícia, as acusadas usaram até um absorvente na boca da vítima, que chegou a vomitar. Ainda segundo informações da delegada, foram desferidos vários socos e murros sobre a vítima, sem chace de defesa. Toda a sessão de tortura foi filmada através de um celular. A delegada relatou que a menina só não foi morta porque elas estavam esperando outra adolescente chegar para assassinar a vítima, que, por um descuido das acusadas, conseguiu escapar do local e, mesmo muito machucada, conseguiu pedir ajuda para um vizinho.

Com a ajuda do vizinho, a jovem foi até a delegacia e registrou um Boletim de Ocorrência relatando o que teria lhe acontecido.

Publicidade

As adolescentes só foram localizadas após dois dias. Foram presas e encaminhadas para a delegacia. Em seus depoimentos elas confessaram o #Crime e descreveram os detalhes de tudo o que aconteceu. Segundo a delegada, elas falaram que seria um bem para a sociedade a vítima ter morrido.

Conforme as investigação da polícia, o crime foi motivado por inveja e ciúmes, já que a vítima iria fazer uma festa no final do ano e convidou o ex-namorado de uma das acusadas para ir à festa - isso teria causado a revolta das jovens. As quatro jovens estão presas e à disposição da Justiça. Elas irão responder por crime doloso e tortura.

Veja o vídeo abaixo:

#Investigação Criminal #Casos de polícia