Entre 18 e 21 anos, essa é a idade relacionada aos casos mais graves que envolvem os homicídios dolosos. Segundo a Secretaria de Segurança Pública estadual do Sergipe, essas são as estatísticas baseadas no estudo de crimes que denotam intencionalidade, o popular homicídio doloso. Verificada a proporcionalidade dos fatos, a secretaria registrou esses atos em maior frequência em três cidades sergipanas, no ano passado. Adolescentes, na maioria do sexo masculino, ainda em sala de aula ou com os estudos interrompidos, segundo o estudo, representam os maiores infratores em todo estado.

Na reunião que definiu as etapas desse estudo, foi revelado que a organização ficou por parte do Núcleo de Análises e Pesquisas em Políticas de Segurança da SSP, realizado com bases nos atos e diligências da Polícia na capital e os demais municípios, Nossa Senhora Do Socorro e São Cristovão.

Publicidade
Publicidade

Essas localidades citadas respondem por um total de 539 homicídios no período do ano de 2015. Desse total, 327 ocorreram em Aracaju, 142 em Nossa Senhora do Socorro, e 70 em São Cristovão. Resultando em um percentual de 81% dos homicídios ocorridos nas ruas das cidades.

A pesquisa revelou que 95,3% dos causadores desses homicídios são adolescentes do sexo masculino entre 18 a 21 anos principalmente. No entanto, a pesquisa também evidenciou que as vítimas desses crimes, 94% são homens. Outro fator que contribuiu para a realização desses eventos são as armas de fogo, responsáveis por 86,2% dos crimes. Sendo que o fator fundamental de maior influência nesses atos são as drogas ilícitas com 44,6% de efeito, depois as causas relacionadas à vingança com (28,7%), e a discussão seguida de confusão representando (7,0%) das causas.

Publicidade

Ao final do estudo, o Núcleo de Análises e Pesquisas em Políticas de Segurança da SSP apresentou ao Governo estadual os índices.

Segundo pesquisas, o país tem o maior índice de homicídio doloso por arma de fogo. De acordo com as informações da OMS, a média é extraída no comparativo entre mortes registradas a cada 100 mil habitantes. Ainda, no ano de 2008, o ministério da Justiça informou o gráfico da violência em várias regiões em todo Brasil, constatando um índice de 19,3 crimes intencional. #Crime #Casos de polícia #Morte