A #Chapecoense estava viajando para jogar na final da Copa Sul-Americana. A partida seria contra o Nacional de Medellin e seria exibido pela SportTV 2 e TV Globo para Santa Catarina. No meio da madrugada desta terça-feira (29), surgiu a informação de que o #avião que levava todo o time brasileiro havia sumido.

No momento que sumiu dos radares, a aeronave estava sobrevoando as cidades de Abejorral e La Ceja. Quase às 4h da manhã, foi divulgada a informação de que não havia mortos, mas sim feridos. Havia 81 pessoas dentro do avião, destes 9 tripulantes e 72 passageiros. No início da manhã, entretanto, a informação já era a de que havia pelo menos 25 mortos.

Publicidade
Publicidade

O #Acidente chocou os brasileiros neste início de manhã. A visibilidade do local estava reduzida, por isso o resgate foi complicado. Nas redes sociais, fotos do avião após o acidente começaram a ser divulgadas. Veja uma imagem abaixo do avião e fotos do resgate.

O time da Chapecoense que viajou para a Colômbia para jogar a final da Copa inclui os goleiros Follmann e Danilo, os meias Arthur Maia e Cleber Santana, os volantes Sérgio Manoel, Matheus Biteco e Josimar, os zagueiros Thiego, Neto, Filipe Machado e Marcelo, os laterais Alan Ruschel, Caramelo, Dener e Gimenez.

Publicidade

Ainda embacaram no avião que caiu os atacantes Tiaguinho, Canela, Lucas Gomes, Ananias, Kempes e Bruno Rangel.

Além dos jogadores e dos tripulantes do avião, embarcaram jornalistas e equipe técnica. Os jornalistas acompanhavam o time para fazer a cobertura da final da Copa Sul-Americana. A partida aconteceria em Medellín, cidade da Colômbia. O prefeito da cidade colombiana já fez comunicado oficial e confirmou a morte de pelo menos 25 pessoas. Até às 7h15, a informação era a de que havia cinco sobreviventes. O prefeito confirmou que já tem a lista de mortos e sobreviventes até o momento, mas ela não foi divulgada.

O jogo da final da Copa aconteceria quarta-feira (30). A equipe do Atlético Nacional, que jogaria contra a Chapecoense, já emitiu nota oficial lamentando o grave acidente.