Um caso inusitado aconteceu nesta segunda-feira, 28 de novembro, na cidade de Itacarambi, no norte de Minas. Uma mulher, de 44 anos que não teve a identidade revelada, foi socorrida pelo corpo de bombeiros, depois de cair em um túmulo no #Cemitério da cidade. Pessoas que estavam no local, relataram para a polícia militar, que a mulher estava bêbada. Ela apenas acompanhava uma amiga que estava visitando o túmulo do filho, próximo ao local onde haveria um sepultamento.

Ainda, segundo a Polícia Militar, a jovem viu a sepultura aberta e foi até o local para ver se o jazigo estava vazio. Neste momento, a mulher se desequilibrou e caiu dentro da cova.

Publicidade
Publicidade

O jazigo era de 3 gavetas e tinha aproximadamente três metros de profundidade, segundo o corpo de bombeiros.

O tenente do corpo de bombeiros, Jota Carlos, disse que não é comum que os coveiros deixem os jazigos abertos. Mas, como ia ter um sepultamento logo em seguida, eles deixaram sem a tampa para quando o corpo fosse sepultado. A mulher que estava alcoolizada e desorientada não viu e caiu buraco.

Depois de resgatar a vítima, os bombeiros fizeram os primeiros atendimentos no local e depois levaram a vítima, que estava com fortes dores na coluna até o hospital municipal. Ao chegarem, o local não tinha os equipamentos necessários, para fazer os exames que a paciente necessitava, eles então resolveram levá-la para o hospital da cidade vizinha de Januária.

Uma equipe de reportagem do portal de notícias G1, tentou entrar em contato com o hospital, mas ninguém atendeu.

Publicidade

Os parentes da mulher que caiu na cova também não foram encontrados para falar sobre o assunto.

Município de Itacarambi

A cidade que fica localizada a cerca de 660 km de Belo Horizonte, na parte norte do Estado de #Minas Gerais e às margens do rio São Francisco.

O município foi fundado há 54 anos, no dia 02 de março de 1962, quando foi emancipada.

A cidade ficou conhecida nacionalmente em 2007, quando ocorreu um terremoto de 4,9 de magnitude na Escala Richter, provocando ferimento em diversas pessoas e a morte de cinco crianças, além de deixar milhares de pessoas desalojadas. O terremoto foi o primeiro com mortes na história do Brasil. #PM