Um grupo invadiu o campus da #utfpr na noite desta sexta-feira, 18, logo após o término das aulas. Em sua grande maioria, com os rostos cobertos, cerca de 60 pessoas autodenominadas como do “movimento estudantil” tomaram as dependências do prédio, localizado no centro da capital paranaense.

O protesto faz parte das manifestações contra a aprovação na Câmara Federal, da PEC 55, anteriormente PEC 241, e em solidariedade ao movimento secundarista, que tem suas demandas próprias e recentemente promoveu uma série de ocupações pelo estado, em escolas e no Núcleo de Educação. Não há registro de confrontos no momento da ocupação, embora alunos que deixavam o prédio no momento tenham externado posição contrária, já que em assembleia, a maioria dos alunos do Instituto Federal decidiram não tomar nenhuma medida imediata quanto à ocupação.

Publicidade
Publicidade

Repercussão nas mídias sociais é imediata

A ocupação pegou de surpresa a maioria dos alunos e a repercussão foi imediata. Alunos favoráveis e contrários à invasão começaram a manifestar-se pelas redes sociais e o DCE, representante oficial dos docentes, declarou aos jornais locais que o ato foi praticado por grupos independentes, sem ligação com a entidade. Durante a madrugada, em página do Facebook, a grande maioria dos estudantes se mostrou contrária à ocupação, descrevendo detalhes, como a existência de barricadas nas entradas do prédio.

Um evento foi marcado para as 15h deste sábado, 19, e batizado de “Ação Anti-ocupação UTFPR", e além disso um abaixo assinado virtual foi criado com o mesmo propósito, já que os alunos contrários não reconhecem a legitimidade da ação e demonstram preocupação com as atividades acadêmicas e com a proximidade do término do ano letivo.

Publicidade

Vale lembrar que no início do mês, auge do período de ocupações no estado, a direção do campus determinou a evacuação do prédio, evitando assim que ele fosse ocupado e a realização do ENEM pudesse ser assegurada, e que a questão parecia encerrada, ao menos por parte da maioria dos alunos. #utfprcuritiba #ocupaçãoutfpr