Uma égua e um cavalo foram furtados na cidade de Anápolis, a 55 km de Goiânia. Os dois #Animais eram usados em equoterapia para crianças com necessidades especiais. Eles foram furtados no Sindicato Rural da cidade. Os dois faziam parte de projeto social voltado para aproximadamente quarenta crianças.

Após o furto, pessoas da instituição registraram o boletim de ocorrência na polícia local. A coordenadora do projeto fez um apelo e afirmou que sem os dois animais, Chocolate e Xuxa, o trabalho que vinha sendo feito não pode continuar. Enquanto os dois estavam sumidos, foi usado um cavalo emprestado, mas que não era treinado para este tipo de terapia.

Publicidade
Publicidade

Leia também: Cavalo vítima de maus-tratos choca população de cidade de Santa Catarina

Quando os funcionários do sindicato chegaram no local, encontraram os portões arrombados. No momento do furto as câmeras estavam desligadas. Os animais, que têm os nomes de Xuxa e Chocolate, vivem na instituição há três anos. As atividades que eles eram utilizados ajudava a estimular atividades cognitivas e motoras de crianças. De acordo com o sindicato, o tratamento de equoterapia já ajudou crianças que não andavam a voltarem a andar. Outras que não conseguiam falar hoje falam. "A gente precisa deles para salvar vidas", falou a coordenadora do projeto.

Leia também: Turistas andando a cavalo são perseguidos por leoa; veja o vídeo chocante

O furto causou muita comoção nas redes sociais, e a repercussão provavelmente ajudou o caso a ter um desfecho feliz.

Publicidade

Quase uma semana depois, um dos cavalos foi localizado. A notícia foi divulgada pela fonoaudióloga do sindicato. Ela publicou em seu Facebook que o Chocolate foi encontrado no extremo sul da cidade, perto do Stillus Halls. Ela agradeceu todas as orações, carinho e empenho. De acordo com ela, conseguiram encontrar o cavalo por meio das informações, provavelmente disseminadas pelas redes sociais. A fonoaudióloga Cláudia Augusta Cerqueira agradeceu especificamente aos policiais militares Patrick e Derek, que entraram em contato com o sindicato e ficaram no local até eles irem resgatar Chocolate.

A égua Xuxa ainda não foi encontrada. O sindicato continua aguardando seu aparecimento.