Um homem de 42 anos foi preso na sexta-feira (18), na cidade de Várzea Grande, na região metropolitana de Cuiabá (MT). O homem é acusado de ameaçar um ex-funcionário, usando garras de metal semelhantes aos usados pelo herói de história em quadrinhos da Marvel, Wolverine. De acordo com a Polícia Militar, a ameaça de morte começou logo após ambos começarem uma discussão entre eles. Ainda, de acordo com a polícia, o ex-funcionário também foi preso, pois ele estava em posse de arma e munições de fuzil.

Conforme consta no BO, as prisões do patrão e do ex-funcionário, de 19 anos, aconteceram logo após a polícia receber várias denúncias de vizinhos, relatando que o serralheiro ‘patrão’ e o seu ex-funcionário estavam discutindo e fazendo ameaças um ao outro.

Publicidade
Publicidade

Quando os policiais chegaram ao local informado, o serralheiro relatou que estava sendo ameaçado pelo seu ex-funcionário, mas o mesmo já tinha indo embora do local.

No entanto, os policiais começaram a fazer rondas pela região, e o acusado foi localizado e, quando ele avistou a viatura da polícia, ele jogou uma sacola que estava carregando próximo a uma residência. Os policiais abordaram o suspeito, e durante a revista na sacola foram encontradas várias munições de fuzil, espoleta e um tubo com pólvora. Ele foi preso e encaminhado para a delegacia. Em seu depoimento para a polícia, ele relatou que trabalhou dois meses na empresa e que tinha ido cobrar os salários que estavam atrasados, no entanto, foi ameaçado pelo seu ex-patrão com as ‘garras de Wolverine’.

Ainda, de acordo com o jovem, ele disse que tinha buscado a arma e munições para se defender das ameaças do ex-chefe.

Publicidade

Diante da situação, uma equipe de policiais voltou à serralheria, e apreendeu as garras de Wolverine, e prendeu o proprietário da serralheria, encaminhando-o para a delegacia para prestar depoimento. A Polícia Civil da cidade abriu um inquérito e o caso segue sendo investigado.

Outro caso semelhante aconteceu no domingo (13), em Juiz de Fora, em Minas Gerais. De acordo com o ‘G1’, o que começou como uma simples discussão entre vizinhos logo adquiriu tons surreais, um dos acusados estava usando garras de metal semelhantes aos usados pelo herói da Marvel, Wolverine. A polícia disse à mídia local que a discussão começou quando um dos cães do vizinho invadiu a propriedade do outro.

Palavras rapidamente se transformaram em agressões físicas, e logo um deles foi para casa e voltou equipado com as garras. A polícia chegou antes do homem de 53 anos conseguir arranhar o seu vizinho. Ele também carregava uma faca grande. Ambos foram levados para a delegacia, mas liberados após prestarem seus depoimentos. #Crime #Casos de polícia