Na madrugada desta terça-feira (22), um agente de trânsito da Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec) foi agredido por um homem em um veículo quando interditava uma via para passagem de três carretas. O agressor não gostou da forma em que a via foi interditada, discutiu com o agente e o agrediu. O agente registrou um Boletim de Ocorrência contra lesão corporal.

O bloqueio da via foi feito pela Emdec, após a meia noite, para que três carretas que transportavam transformadores de energia da CPFL, que abastecem a cidade de Campinas, em São Paulo, passassem. Dois homens que estavam passando de veículo no momento da interdição não gostaram da maneira em que o bloqueio estava sendo feito e um deles acabou discutindo com um dos agentes de transito, agredindo-o com soco no rosto.

Publicidade
Publicidade

Conforme relatou a EP TV, o agressor estava visivelmente embriago, porém, como ele não era o condutor do veículo, não foi exigido que ele realizasse o teste do bafômetro.

No momento da confusão, a Guarda Municipal foi acionada para conter o agressor de 33 anos e conduzi-lo ao 4º Distrito Policial, onde a ocorrência foi registrada.

O fato ocorreu na Avenida Brasil, em Campinas. Em nota, a Emdec lamentou a agressão sofrida pelo agente de trânsito e informou que o trabalhador, logo após a agressão, teria sido encaminhado para uma unidade de saúde em São José. Nesta terça-feira, ele teria passado por uma nova avaliação médica e depois liberado. A vítima também passou por exames de corpo e delito no Instituto Médico Legal (IML) de Campinas.

O agressor foi liberado logo depois de prestar depoimento.

Publicidade

Nas imagens registradas pela emissora de TV, EP TV, filiada à Rede Globo, é possível ver que na saída da delegacia, o homem aparece em companhia do motorista e de uma mulher. O homem, que está claramente bêbado, ainda insulta os funcionários da Emdec, que estavam sentados, aguardando do lado de fora da delegacia.

Neste momento ele é puxado pelas pessoas que o acompanhavam para ir embora e não criar mais problemas. Ele estava tão embriagado que chega a tropeçar e quase cair em um degrau da calçada. O agressor irá responder pelo crime de lesão corporal e responderá em liberdade, pois não foi autuado por embriagues por não estar dirigindo o veículo.

#Casos de polícia