O pastor evangélico da igreja Assembleia de Deus, Elizeu Rodrigues, se envolveu em uma enorme polêmica recentemente. Durante um culto em que foi contratado para pregar, o #Pastor decidiu chamar a atenção dos presentes, justificando o porquê dos evangélicos terem o dever de sustentar seus pastores.

No vídeo que rapidamente viralizou na internet, Elizeu Rodrigues confronta o povo com argumentações teológicas que fomentam a doação de ofertas financeiras, bem como mantimentos e qualquer outra forma de sustento aos pastores e pregadores. Ele também defendeu que cantores gospel cobrem cachê e que estes precisam igualmente ser honrados.

Publicidade
Publicidade

O site O Fuxico Gospel postou o vídeo em que o pastor aparece com essas afirmações e os internautas logo reagiram, contrariando as argumentações do pastor, que costuma receber ofertas financeiras para pregar em eventos. Ele é casado com a cantora gospel Luana Rodrigues, o que acabou tornando sua pregação bastante conveniente.

Assista:

Apesar da polêmica gerada em torno desse assunto, muitos saíram em defesa dos argumentos usados pelo pastor. Não é difícil encontrar exemplos de pessoas que doam ofertas milionárias para igrejas ou pastores. Recentemente, a Justiça obrigou a Igreja Mundial do Poder Deus a devolver R$ 7.000 que teria recebido de doação de um senhor aposentado. ele teria participado de uma campanha da igreja em busca de um milagre, mas não foi atendido.

Nesse caso, o #Dinheiro doado é revertido, na maioria das vezes, para despesas da igreja, conta de água, luz, programa de TV e Rádio, pagamento de funcionários e etc...

Publicidade

Esse tipo de campanha de milagres é bem comum nas igrejas, para arrecadar recursos, no entanto, o que foi defendido pelo pastor Elizeu Rodrigues, é extremamente diferente. Segundo ele, o pregador ou cantor gospel, a pessoa que doa seu tempo em prol do evangelho deve ser remunerado financeiramente para fazê-lo. A polêmica se deu justamente em cima dessa argumentação.

Até o fechamento dessa matéria, nenhum pastor evangélico de referência havia se manifestado sobre o caso. #doações