Esse é só mais um daqueles casos de superação e disposição. Quem diria que um gari se tornaria #prefeito? Isso mesmo! O fato aconteceu na cidade de #Santo Afonso, que fica a 266 km da capital Cuiabá, em Mato Grosso (MT). Joabe de Almeida, trabalhava como gari e está se preparando para liderar a prefeitura de Santo Afonso, no dia 1º de janeiro de 2017. O agora prefeito tem 46 anos de idade e recebeu 1.088 votos, pode até parecer pouco, mas a cidade só possui cerca de 2 mil habitantes.

Joabe afirmou que já teve vários subempregos e diz não se envergonhar nem um pouco com as funções que ele já exerceu durante sua vida, dentre elas estão garimpeiro e até mesmo coveiro.

Publicidade
Publicidade

Disse também se orgulhar do passado e de suas conquistas, pois enfrentou diversas dificuldades trabalhando como gari na cidade, onde ficava correndo na rua, atrás do veículo de coleta, ajudando na obtenção dos lixos ou ficava em cima do caminhão recebendo os detritos dos colegas que coletavam e organizava-os dentro da caçamba, e lembrou que o carro que usavam para coleta do lixo não era adequado além de que alguns colegas de trabalho não tinham estômago para subir no caminhão.

Segundo Joabe, não importa o que você faça, tem que fazer bem feito. Ele afirmou um caso um tanto quanto curioso, um dia o coveiro do município teve que se ausentar do serviço e ele foi designado a abrir as covas, a mando do prefeito e, durante dois anos, exerceu as funções de coveiro e gari.

O mato-grossense disse que sua campanha eleitoral para a prefeitura foi humilde, baseada apenas no “boca a boca“ e gastou apenas R$ 5 mil.

Publicidade

Joabe já foi vereador da cidade de 2004 a 2008, e disse que ganhou a confiança da população, assim, ajudando na sua vitória nas eleições para a prefeitura de Santo Afonso nesse ano.

Antes mesmo da posse como prefeito, Joabe já começou a cuidar da cidade, convocando amigos para ajudar na limpeza e na retirada de entulhos e ainda ressaltou que mesmo atuando como prefeito do município, caso necessite ele atuará novamente como gari ou até mesmo coveiro. Afirmou também que falta mais um passo para que ele realmente se sinta realizado que é concluir o ensino superior. #Mato Grosso