A Polícia Rodoviária Federal (PRF) inicia a partir dessa sexta-feira (11), em Sergipe, um trabalho preventivo relacionado ao próximo feriado nacional que acontecerá no dia 15, com o propósito de diminuir as infrações e acidentes recorrentes nas estradas e #Rodovias federais. O tema proposto nesta campanha será “trânsito seguro é compromisso de todos”. As atividades desenvolvidas iniciaram à 0h de hoje. A expectativa é de que mais de 1200 veículos sejam verificados no estado.

De acordo com a equipe da Policia Rodoviária Federal, as ações de abordagem com caráter de prevenção acontecerão em locais com mais incidências de acidentes.

Publicidade
Publicidade

Informações sobre educação no trânsito serão reforçadas neste período. Segundo as autoridades envolvidas nesta ação, o motorista que for flagrado na prática de qualquer delito, além de intimado, obrigatoriamente deverá assistir a um filme educativo que apresentará causas e consequências das más condutas ao volante.

Registros informam que entre o mês de janeiro de 2015 e o mês de setembro deste ano foram confirmadas 99 mortes referentes a acidentes nas estradas federais. O Núcleo de Acidentes e Medicina da Polícia Rodoviária de Sergipe conseguiu mapear os locais mais perigosos das rodovias federais, responsáveis pelas ocorrências de 85 acidentes graves com mortes. Eles ficam nos municípios de Propriá, Nossa Senhora do Socorro, São Cristóvão, Laranjeiras, Maruim, Estância e Santa Luzia do Itanhy.

Publicidade

Existe ainda um trecho de acesso à cidade de Itabaiana, na Rodovia 235, considerado muito perigoso.

Na tentativa de melhorar o fluxo dos veículos em pistas simples a Polícia Rodoviária Federal irá restringir neste período a circulação dos caminhões de grande porte. O condutor que infringir a lei será multado num valor de R$ 130,16 e quatro pontos na CNH, além de ter de aguardar a finalização da restrição. As restrições iniciam nesta sexta-feira (11), das 16h até meia-noite; sábado (12) das 6h até meio-dia, finalizando na terça-feira (15), das 16h à meia noite. #Polícia Federal