Um #Espancamento foi registrado na terça-feira (29), no bairro Nova Cidade, na zona norte de Manaus (AM). A vítima foi identificada como Fábio Martins da Silva, 26 anos, ele e um comparsa que fugiu do local, são acusados de tentar assaltar um ônibus coletivo, que trafegava pela Avenida Margarita. Cerca de trinta passageiros espancaram o ladrão e por pouco ele não foi morto.

Segundo informações da polícia, o acusado em posse de uma faca em punho anunciou o assalto, e ainda golpeou dois passageiros e gritava para ninguém reagir ao assalto ou, caso contrário, ele iria esfaquear todos. O criminoso junto com o seu comparsa foram de banco em banco recolhendo os aparelhos de telefones celulares dos passageiros.

Publicidade
Publicidade

No entanto, quando os dois indivíduos se preparavam para sair do ônibus, os passageiros reagiram ao assalto. O indivíduo que estava em poder de uma faca, foi desarmado e em seguida começou a sessão de espancamento pelas vítimas de assalto.

Os agressores usaram pedaço de madeira para bater no ladrão, enquanto o outro conseguiu escapar e saiu correndo do local. A polícia foi acionada, quando uma equipe da 15ª Companhia Interativa Comunitária (CICOM), chegou ao local informado, os próprios policiais pensavam que o indivíduo estava morto, devido à gravidade dos ferimentos. Uma equipe do Corpo de Bombeiros foi acionada, quando chegaram ao local realizaram os primeiros atendimentos e logo após, ele foi encaminhado para o hospital da cidade.

Logo após os procedimentos médicos, ele foi preso e levado por uma viatura da Polícia Militar, e apresentado no 15º Distrito Integrado de Polícia (DIP), onde prestou seu depoimento.

Publicidade

O sujeito foi atuado em flagrante por lesão corporal e tentativa de roubo. A polícia fez uma ronda na região, na tentativa de encontrar o outro suspeito, mas não teve sucesso nas buscas. A polícia abriu um inquérito e o caso está sendo investigado.

O acusado está preso e ficará a disposição da Justiça, para tomar todas as medidas necessárias dentro da lei. Até o fechamento desta matéria, o outro ladrão não foi encontrado pela polícia. #Crime #Casos de polícia