Por motivo desconhecido, desde o último domingo (20), notas de R$ 50 e até R$ 100 reais são encontradas no mar da Urca, na Zona Sul do Rio de Janeiro. Desde então, pescadores, mergulhadores e banhistas tem se jogado ao rio em uma verdadeira caça ao tesouro.

“Ontem, consegui pegar R$ 1,5 mil, e hoje já são R$ 400. Fui no banco e as notas são verdadeiras. Algumas estavam presas com elástico e com marcas de grampo. Tem gente achando que foram roubadas e o ladrão não conseguiu fugir e jogou no mar”, conta o pescador Magno Felipe Pereira, de 23 anos.

Apesar de lixos que boiavam junto às cédulas de reais, muitas pessoas caiam felizes no mar em busca das notas, seja em barcos de pesca, em botes ou com equipamento de mergulho.

Publicidade
Publicidade

Uma moradora que mora próximo ao rio, a autônoma Katriny Soares, de 26 anos, foi surpreendida pela notícia e não perdeu tempo, pegou seu barco em busca das notas, chegou até a dar uns mergulhos, mas infelizmente não obteve sucesso.

“Já tinha tomado umas vodcas, achei que era brincadeira. Mas vi gente pegando as notinhas! É verdade mesmo! ”, se diverte a autônoma.

“Eu já vi de tudo no rio, inclusive latas com maconha no mar, mas dinheiro boiando é a primeira vez”, afirma Seu Waldeci, que é pescador e mora na Urca há 40 anos.

Em barcos de pesca, botes ou equipamentos de mergulho, muitas pessoas caem no mar em busca de notas.

O Banco Central esclarece que, embora a maior parte dos danos não elimine o valor, há casos irreparáveis. Se mais de metade da nota tiver sido destruída, ela perde valor de troca.

Publicidade

Mas, ainda assim, elas podem ser entregues nas agências bancárias que, mediante recibo, devem recebê-las e encaminhá-las ao Banco Central para análise.

De onde veio o dinheiro?

Ainda não se sabe de onde vem tanto dinheiro. Alguns pescadores brincam dizendo que é dinheiro de propina, outros afirmam que veio do esgoto de Sérgio Cabral, uns até afirmam que foi Roberto Carlos ou um presente de Deus. Independentemente da fonte, muita gente está saindo feliz com o dinheiro extra que o mar da Urca está oferecendo e quem não conseguiu levar dinheiro, ao menos ganhou diversão. #históriadepescador #dinheironorio #mardaurca