Na noite desta quarta-feira (23), um trágico #Acidente ceifou a vida da adolescente Larissa Beatriz Dionísio de Morais, no conjunto Cidade das Rosas, em São Gonçalo do Amarante, cidade da Grande Natal. A menina, de apenas 15 anos, não resistiu aos ferimentos depois que a motocicleta em que estava com um homem perdeu o controle e colidiu contra um ônibus. Segundo dados fornecidos pela Polícia Militar a menina morreu na hora, no local do acidente, já o homem que estava com ele teve ferimentos leves e foi socorrido pela equipe de Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). A família da jovem não se pronunciou sobre o acidente trágico, o corpo foi encaminhado para o IML e deverá passar por necropsia por se tratar de morte violenta.

Publicidade
Publicidade

Um evento curioso é que Larissa escreveu, em sua página no Facebook, duas horas antes de se envolver no acidente, a frase ‘eu quero morrer’. Algumas pessoas comentaram na foto e disseram para a garota deixar de bobagem que todos amavam ela. Ninguém sabe se a frase foi somente um desabafo, ou realmente uma intenção suicida. Depois de sua morte, inúmeras mensagens foram colocadas em sua página da rede social lamentado e dando suporte à família que está consternada. Muitas das postagens se referem à postagem que ela fez momentos antes de acontecer o acidente. Uma pessoa chegou a escrever: ‘você pediu e #Deus te ouviu!! Não temas pois sabemos que estas ao lado do pai... Que Deus a tenha!!’ (SIC). Uma outra lembrou o poder que as palavras têm e também lamentou o ocorrido.

Publicidade

Vários amigos se manifestaram e disseram estar muito tristes.

A violência no trânsito é o principal indicador de morte em pessoas na faixa dos 20 aos 35 anos em nosso país. Em termos absolutos o Brasil é o 4º país do mundo com maior número de mortes no trânsito, um cenário de muita tristeza. Segundo o DATASUS foram 42500 indenizações por morte em acidentes nas estradas. Para mudar esse quadro, além das campanhas de conscientização, é preciso que os motoristas assumam os riscos e a responsabilidade para uma direção segura.