Um avião da companhia Avianca também estava esperando autorização para aterrissar juntamente com o da equipe da Chapecoense quando um dos tripulantes ouviu o piloto relatando à torre de controle que estava sem combustível. Segundo o funcionário da outra empresa foi possível ouvir o diálogo entre o comandante da aeronave da LaMia com os controladores colombianos de Rio negro, próximo a Medelín.

De acordo com o tripulante uma outra aeronave da empresa Viva Colombia pousava quando foi possível ouvir o piloto da #Chapecoense relatando problemas. Todos os aviões estavam na mesma rota de pouso, e foi possível escutar o relato, minutos antes da queda.

Publicidade
Publicidade

O piloto da Chapecoense teria dito que precisava de prioridade no pouso uma vez que o combustível do avião estava acabando, no entanto, segundo a testemunha ele não teria solicitado emergência. Escute o áudio no vídeo a seguir:

No momento do pedido de ajuda, a torre de Rio negro teria afirmado que outro avião estava aterrissando no Aeroporto, pois também havia tido uma emergência. Nesse momento a controladora de vôos teria pedido ao avião da Avianca para se desviar para a esquerda, pois aeronave La Mia da Chapecoense precisava passar naquela direção.

De acordo com o tripulante foi possível ver o avião passar muito rápido por eles. Minutos depois o momento trágico aconteceu, o piloto da LaMia começou a descer em alta velocidade, e aí sim teria declarado emergência. Ele percebeu que tinha falhas elétricas e pediu para que a torre desse orientações sobre as rotas, pois ele já não tinha mais o painel de controle.

Publicidade

Ele repetiu várias vezes que precisava de ajuda para conseguir alcançar e saber a direção da pista de pouso.

O avião LaMia transportava além da equipe da Chapecoense, repórteres e a tripulação de nove pessoas. O jogo aconteceria nesta quarta-feira (30), para definir a final da Copa Sul-Americana. As autoridades confirmaram setenta e um mortos até agora e seis pessoas foram resgatadas com vida, mas ainda estão em estado crítico e um hospital em Medelín. Equipes de resgate estiveram no local durante todo dia de ontem, inúmeras homenagens foram feitas às vítimas e aos seus familiares que ainda tentam absorver os impactos da #Tragédia. #Acidente