Nesta terça-feira, 29, o Brasil foi acordado com uma tragédia. Ainda eram quatro da manhã, quando o plantão de notícias da Rede Globo noticiou que um avião havia sumido dos radares da Colômbia. A aeronave carregava jogadores do time da #Chapecoense, que representa o município de Chapecó, localizado no estado de Santa Catarina. Ela estava em direção à cidade de Medellín, onde aconteceria a partida contra o Atlético local, quando uma pane elétrica teria provocado a tragédia. 81 pessoas estavam a bordo. A morte de 75 delas foi confirmada. O time disputaria a final da Copa Sulamericana, maior competição em seus pouco mais de quarenta anos de existência.

O zagueiro Hélio Zampier Neto, um dos principais nomes do time, foi a última pessoa a ser resgatada com vida em uma região de mata.

Publicidade
Publicidade

Imagens do seu resgate foram publicadas pelo Twitter da polícia de Medellín. Elas também foram transmitidas pelos principais canais da Colômbia. Após a forte repercussão, as imagens foram apagadas do Twitter oficial da polícia local, mas ainda podem ser vistas através de outras redes sociais, como o Youtube. Até às 14h - horário de Brasília - o estado de saúde do atleta era considerado crítico. No entanto, as informações a respeito desse tema mudam o tempo todo. Além de neto, outras cinco pessoas estão na lista de sobreviventes. Uma delas, o goleiro Danilo, é dado como morto por alguns veículos de comunicação.

A mãe de Danilo, em entrevista ao portal de notícias UOL, reclama desse tipo de confusão, e diz que isso apenas causa mais dor à família. O Atlético de Medellín, em comunicado publicado em seu site oficial, disse que estava cedendo o seu título ao clube brasileiro.

Publicidade

O clube ainda solicitou que seus torcedores vão ao estádio, onde aconteceria o jogo, com roupas brancas e velas.

Veja abaixo o vídeo divulgado pela polícia da Colômbia. Lembramos que o conteúdo pode ser considerado forte por algumas pessoas. Dessa forma, deixamos o alerta a você leitor. Não esqueça de compartilhar e comentar essa história com seus amigos.

#Crime