No final da manhã desta segunda-feira (28), uma forte explosão seguida de um #Incêndio de grandes proporções, atingiu uma fábrica de cosméticos e inseticida na cidade de Diadema, localizada no ABC Paulista na Região Metropolitana de São Paulo.

De acordo com as informações dadas pelo Metro Jornal em seu portal online, pelo menos uma pessoa morreu e outras sete ficaram feridas na explosão que atingiu a fábrica. A fábrica produzia produtos em aerossóis e o incêndio ainda não foi extinto.

Combate ao incêndio

Segundo o Corpo de #Bombeiros, 26 viaturas estão no local combatendo o incêndio. Em entrevista concedida a BandNews FM, o capitão Marcos Palumbo, porta-voz do Corpo de Bombeiros, uma pessoa morreu e os feridos foram resgatados com queimaduras e em estado grave.

Publicidade
Publicidade

Cinco pessoas foram socorridas pelos bombeiros, outras três vítimas receberam ajuda e socorro dos próprios funcionários da empresa. A identidade da vítima fatal ainda não foi confirmada.

Os bombeiros continuam trabalhando para conter o incêndio e informaram que ainda existe perigo de acontecer novas explosões no local.

A fábrica fica as margens da rodovia dos Imigrantes, próxima ao quilômetro 18, na rua Emir Macedo Nogueira, na altura do número 240, no Bairro Casa Grande.

Próximo a fábrica de cosméticos, existe uma empresa que produz espuma para colchões, que representa grande risco.

A fábrica não possui lincença ambiental

Segundo Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb), o local onde ocorreu a explosão e incêndio, abriga a empresa Imã Spray Ltda & PP, que produz cosméticos e perfumes.

Publicidade

A Cetesb informou que a Imã Spray Ltda & PP, solicitou a licença ambiental prévia para instalação da empresa em abril de 2016, mas ainda não houve a concessão. O motivo da falta de licenciamento, de acordo com a Cetesb, é a não apresentação de documentos complementares, solicitados a empresa, que ainda não foram entregues.

Em nota a Cetesb esclareceu que o Setor de Atendimento a Emergências Químicas está no local, contudo, o Corpo de Bombeiros ainda não autorizou a entrada dos mesmos, devido ao risco de novas explosões no local.

Assista vídeo do incêndio:

#É Manchete!