Uma adolescente de 16 anos, Pietra Castro Cavallaro, desapareceu no dia 05 de dezembro, após deixar um bilhete onde dizia que ela não era um exemplo, não era a filha, sobrinha e neta que esperavam que ela fosse. A família da garota está desesperada em busca de pistas do paradeiro da adolescente.

O pai de Pietra, Márcio Cavallaro, informou que a filha mora com a mãe na cidade de Caieira (SP). Ele contou que desde que a mãe da adolescente encontrou a carta, que eles iniciaram as buscas pela filha.

Segundo o pai da estudante, os familiares entraram em contato com os amigos de Pietra para descobrir se eles tinham alguma informação da localização da garota.

Publicidade
Publicidade

Um amigo teria dito que ela foi a São Paulo fazer dreads nos cabelos. A família se dirigiu então até o salão informado, e o cabelereiro contou à família que a menina teria dito que iria para o Guaruja.

A mãe de Pietra Gisele de Castro, o irmão da adolescente e outros familiares estão fazendo buscas por Guarujá, Bertioga, e pelo litoral de São Paulo, mas até agora não obtiveram sucesso nas buscas. Familiares se dividiram para tentar encontrá-la, o que vem gerando angústia, e á falta de informação sobre a jovem.

Carta

Márcio informou que a filha nunca havia feito isso antes. Que a família está tentando entender o motivo que levou a garota a escrever a carta, desaparecendo em seguida. O pai da adolescente imagina que pode ter sido uma briga entre mãe e filha.

Na carta deixada por Pietra, ela descreve que não gostaria de tomar essa atitude, com ela e com a família, porém relata não conseguir viver presa.

Publicidade

Pietra lamenta não conseguir ser a filha, sobrinha e a neta que a família desejava. Ela conta que tomou a decisão com muito pesar: “me parte o coração sair de casa, sair de perto de minha mãe”. Ela afirma na carta, que ela é a única responsável pela decisão de sair de casa, e pede que a família não acuse ninguém. A adolescente finaliza a carta se despedindo, mas demostrando sofrimento com a atitude: “Com dor, amor e saudade. Pietra”.

O pai de Pietra fez uma publicação em rede social, afirmado desejar que o pesadelo acabasse logo, pedindo ajuda dos céus para que sua filha fosse encontrada logo e com vida. Ele solicita também ajuda dos amigos para ajudar a encontrar a garota.

Colegas e amigos da estudante também se mobilizaram para ajudar a família nas buscas à garota, que até o fechamento da matéria ainda continuava desaparecida.

#Crime #Casos de polícia