Uma segurança do Clube Atalaia, palco das agressões de um homem contra duas mulheres na cidade mineira de Três Corações, gravou um vídeo esclarecendo mais detalhes do caso e pedindo punição para o agressor.

O caso está correndo as redes sociais e causando grande repercussão desde a tarde deste sábado (17). Nas primeiras imagens que demonstram a confusão, Luiz Felipe Neder Silva, de 34 anos, aparece discutindo e depois agredindo violentamente uma guarda feminina, identificada como Edvânia Nayara.

Pelo depoimento da segurança do clube, identificada como Fabiana, o agressor teria feito outras duas vítimas antes de dar um safanão e depois chutar a cara da agente.

Publicidade
Publicidade

“Esse vagabundo começou a brigalhada com a mulher dele, a delegada de Três Corações, onde encheu o rabo de cachaça lá no clube e começou o rolo entre os dois. Na hora que ela estava subindo no carro, ele foi e sentou um porrete na orelha dela, aonde ela pegou a chave e jogou para a Edvânia, a agredida. Pediu para Edvânia jogar a chave para longe, no intuito de afastar ele. Edvânia jogou a chave e foi aonde que ele veio pra cima dela e fez o que fez (sic)”, relata a segurança.

Fabiana segue dizendo que o valentão agrediu um outro rapaz. “Ele agrediu um outro rapaz que estava discutindo com ele. Ele esperou o cara virar e sentou um murro na cara dele, arrancando dois dentes do coitado”.

Ainda no desabafo, a segurança se dirige à esposa de Luiz Felipe, a delegada da cidade, Ana Paula Gontijo.

Publicidade

“Espero de você Ana Paula, que seja mulher e assuma seu papel de delegada e puna esse safado desse seu marido. Porque a Edvânia só apanhou por causa de você. Só por defender você. Espero que você se ponha no seu lugar, faça seu papel e puna esse safado. Porque é isso que o Felipe é. Um safado, um covarde”.

Não há informações oficiais sobre o destino do agressor, mas um post publicado no perfil do Facebook de Edvânia explica que Luiz Felipe foi preso horas depois, apesar de a delegada da cidade ser sua esposa e também ser vítima do acusado.

Edvânia fez um apelo para que os internautas sigam compartilhando as imagens que mostram as agressões para que o fato sirva de conscientização sobre a necessidade de punir rapidamente os autores de violência contra mulheres.

Vídeo da agressão:

#Crime #Casos de polícia