Há alguns dias, um vídeo está provocando a maior polêmica em grupos de direita do Facebook. Ele mostra o ritual de formatura de uma das escolas militares mais tradicionais do país, o Instituto Tecnológico da Aeronáutica (ITA). Durante a colação de grau, no entanto, um aluno chama a atenção. Ele usa um vestido vermelho e salto alto. Para pegar seu diploma, maquiado, o rapaz passa na frente de militares de várias patentes, inclusive, generais. Nesta terça-feira, 20, o jornal 'O Estado de São Paulo' desvendou quem é o garoto por trás do vestido vermelho. O nome dele é Talles de Oliveira Faria, que teria sofrido preconceito na instituição por ser homossexual.

Publicidade
Publicidade

Ele revela que seu protesto foi contra a violência psicológica que recebe na instituição. Até antes da colação, o aluno estava usando a mesma túnica dos demais alunos. No entanto, ao ser chamado, ele arrancou a peça e apareceu, para a surpresa da maioria usando o vestido e o salto alto. Talles conversou com o site Metrópoles, a quem disse que muitos alunos querem deixar o curso devido à pressão que sofrem. Ele diz que o ITA tem um ambiente terrorista. Ele revelou ainda que teve que deixar a Força Aérea Brasileira (FAB) pelos mesmo motivos. Ele recebeu diversas punições da instituição, como o fato de usar maquiagem, por exemplo.

Na internet, a atitude do aluno dividiu muita gente. Veja alguns dos comentários:

"Acho que isso foi apenas uma resposta ao convite de se "retirar" do curso e por todos os insultos por ser homossexual.

Publicidade

Parabéns moço que eu nem conheço. Metade desse povo que tá aqui criticando não tem cacife pra entrar no ITA.".

"Eu não gostei .... poderia ter colocado um longo de seda , um salto mais fino (salto Grosso não fica tão elegante) e olha esse amarelo do cabelo não ficou legal , matizador mandou lembranças, esse evento exigia um look mais fino neh ? Realmente como consultor de moda não ficou legal, out mesmo !".

"A intervenção se faz necessária, temos que restaurar a disciplina nas Forças armadas!!!Sinceramente, a Escola #Militar do Realengo realmente preparou homens para se tornarem generais".

Veja abaixo o vídeo que mostra a performance do aluno militar: