Essa terça-feira, 13, tornou-se um dia triste e acinzentado no mundo de quem ama #Cães. Isso porque alguém muito especial e que colocou um sorriso no rosto de muita gente que estava triste, cumpriu a sua missão e partiu para o ‘céu dos cachorros’.

Ninão, um cachorro SRD super simpático que ganhou manchetes em telejornais, reportagens especiais e um mega sucesso, com um canal no Youtube chamado ‘Pai no Ninão’, em que seu dono, Rodrigo, publicava vídeos divertidos de Ninão, seus filhos, sua esposa, a dona Nina (ou dona Nininha, para os mais íntimos) e a dócil e mansa dona Fetúcia, que adora um carinho no pé.

Por volta das 16h dessa terça-feira, o dono de Ninão fez a publicação que muitos temiam depois de mais de um mês sem publicar vídeos: “Morreu hoje Ninão”.

Publicidade
Publicidade

Internautas já haviam estranhado a ausência de publicações nas redes sociais do cachorro. Seu dono fez uma publicação comovente para os mais de seiscentos mil seguidores da página do Facebook, ‘Ninão’.

Muita gente se comoveu e até se identificou com a dor que o rapaz estava sentindo, publicando fotos de seus #Animais de estimação que também os deixaram recentemente. Veja a publicação:

Apesar da dor de perder o seu grande amigo, que esteve ao seu lado por dez anos, Rodrigo não está sozinho. O grande astro da internet deixou seus filhos para consolar o dono e tentar colocar um sorriso em seu rosto, tanto nesse momento de luto, quanto nas batalhas que a vida ainda terá pela frente.

Certamente, a internet não terá o mesmo gosto para aqueles que ficavam ansiosos por mais um vídeo do Pai do Ninão, mas para que fiquemos apenas com a imagem do Ninão que nos fez sorrir nos últimos anos, fica aqui alguns de seus vídeos, repletos de alegria e brincadeiras simples e inocentes, mas capazes de se tornarem um grande remédio para quem não está no seu melhor astral ou fase.

Publicidade

Que o Rodrigo possa encontrar forças na família ‘Ninônica’, que não é formada por seis cachorros, mas por milhares de pessoas que ainda que a distância, adotaram o Ninão.

#É Manchete!