Na manhã desta quinta-feira (15), uma mulher foi detida após tentar roubar os pertences de uma aposentada em um lugar inusitado, na Igreja Nossa Senhora das Mercês, em São Sapé, no Rio Grande do Sul. Ela foi flagrada pelas câmeras de segurança do circuito interno no ambiente religioso.

Nas imagens é possível ver a ousadia da criminosa que se aproveitava do momento de reflexão das pessoas para atacá-las e roubar delas. Durante o assalto a idosa acabou sendo agredida e teve ferimentos leves nos braços e na boca, pois resistiu duramente para que a mulher não levasse seus pertences.

A criminosa aparenta ter cerca de trinta e cinco anos, vestia calça preta e uma blusa branca, e como mostrada nas imagens também estava sentada em dos bancos da igreja pronta a atacar à senhora.

Publicidade
Publicidade

No momento em que a aposentada se levanta para ir embora do lugar a mulher também se levante e investe contra a idosa. Veja às cenas da tentativa de assalto no link a seguir:

O que a criminosa não poderia esperar é que estivesse sendo filmada e que seria facilmente identificada pela polícia através das imagens. A senhora não foi a única a sofrer os ataques da mulher, e inúmeros fiéis prestaram queixa na polícia. No entanto, a prisão aconteceu depois do roubo de quinta, quando a ladra conseguiu sair da igreja com a bolsa da aposentada que pediu por socorro para algumas pessoas que passavam no lugar.

A polícia compareceu ao centro religioso e realizou buscas com viaturas nas redondezas na tentativa de localizar a criminosa. Os agentes acabaram encontrando a mulher que foi detida. Ela foi ouvida pela polícia e poderá pegar até dez anos de prisão pelos crimes que cometeu.

Publicidade

Agora ficará detida no Presídio Estadual de São Sapé aguardando a decisão da justiça e a determinação da pena.

A idosa foi atendida no hospital regional, mas passa bem e já foi para casa. O delegado da cidade pequena diz que um #Crime deste tipo nunca tinha acontecido antes, e que é um absurdo que criminosos se aproveitem de um momento de tranqüilidade das pessoas, principalmente dentro de um ambiente religioso. #Casos de polícia