Segundo informações do site G1, nesta quarta-feira (13/12), a capital de Sergipe receberá a nova modalidade de transportes por aplicativo, conhecida popularmente pelo nome de “Uber”. O serviço começará a funcionar a partir das 14 horas. Com a iniciativa, Aracaju torna-se o 37º município brasileiro a adquirir esse meio tecnológico que ainda é visto como forte concorrência entre os taxistas e outras categorias de transporte.

Como em outros estados, a vinda do Uber trouxe polêmicas e a capital sergipana não ficou para trás nesse quesito, A Câmara Municipal de vereadores, por meio de seu presidente, Vinicius Porto, aprovou a proibição da circulação desse tipo de transporte particular, que utiliza cadastro e aplicativos e se baseia em remuneração individual de pessoas.

Publicidade
Publicidade

Ainda ressaltou que sua opinião sobre a implantação do serviço será breve.

Oo responsável pela comunicação da Uber, Pedro Proncho, informa que todo atendimento vinculado ao aplicativo acontece de forma individual e privada e que esse tipo de atividade é previsto pela Lei Federal de nº 12.587/2012, em conformidade com a Política Nacional de Mobilidade Urbana. Acrescentou, ainda, que a empresa está "disponível para eventuais informações e debate que possa trazer melhorias na questão mobilidade urbana, elevando ao publico mais opção de deslocamento”.

Segundo a gerência de comunicação em Aracaju, o serviço disponibilizado será o Uber X, modalidade de transporte que comporta tarifas mais baixas, além de carros fabricados até 2008, com ar e quatros portas. Os cálculos são baseados nos quilômetros percorridos e no tempo gasto entre origem e destino.

Publicidade

De inicio, o preço por chamada será de R$ 2,50, mais R$ 1,20 em cada quilometro e R$ 0,14 centavos por minuto registrado.

Segundo a Uber, quem desejar se servir dos veículos, necessariamente terá que baixar o aplicativo em seu celular e registrar-se mediante a utilização de um cartão de credito, que possibilitará à empresa cobrar pela viagem. Com o aplicativo instalado, o passageiro já poderá indicar o trajeto de sua viagem e onde está para ser pego. Tanto o condutor quanto o conduzido terão, através do aplicativo, a oportunidade de avaliar o comportamento de ambas as partes.

A gerência informativa do Uber, explica que, normalmente, o tempo de espera do cliente não passa de cinco minutos para chegada de um veículo dessa categoria. “Pode haver algum contratempo de início, por ainda estar se implantando na cidade esse serviço, mas normalmente, como em outras capitais, o tempo estimado é de cinco minutos” informou Proncho.

Ainda, segundo o gerente, os condutores que integram a parceria deverão se cadastrar e terão a conduta observada, de acordo com a #Legislação.

Publicidade

Além disso, o cliente vai poder monitorar o carro Uber e os detalhes inerentes a ele. “o usuário terá como informar aos familiares ou amigos situações como localização e trajeto que esteja fazendo em tempo real”, informou.

Até o momento não foi divulgado o número de interessados para trabalhar com esses novos veículos dentro da capital sergipana. O objetivo da Uber é ter parceiros na quantidade adequada para começar os trabalhos de forma segura e eficiente, no prazo estipulado pela necessidade dos clientes. #carro #Tecnologia