Na sexta-feira (2), bandidos armados de fuzis e pistolas estavam de olho em diversos caminhões de carga que passavam em Itaquiraí, no estado do Mato Grosso do Sul. Foi quando um dos criminosos decidiu descer do veículo em que estavam e abordou um caminhão que se encontrava com uma família de feirante.

O grupo de criminosos estava em um carro preto que parou na frente do caminhão de frutas, onde dois criminosos desceram armados de pistolas e máscaras para anunciar o assalto. Um dos criminosos assumiu a direção do caminhão e o outro fez a família refém. Eles seguiram o carro da quadrilha até uma estrada deserta da região de Itaquiraí.

Publicidade
Publicidade

O caminhoneiro, de 51 anos, foi amarrado junto com a sua mulher e seu filho pela quadrilha, no banco de trás da cabine do caminhão. Um dos criminosos ameaçava o dono do caminhão pedindo dinheiro, e o #caminhoneiro se negava a dar, pois o mesmo não tinha nada. Após esse fato, um dos bandidos resolveu seguir viagem, e, por um descuido de um dos criminosos, o caminhoneiro entrou em luta corporal com o bandido e conseguiu tomar a arma do criminoso, quando foram efetuado diversos disparos. O caminhoneiro levou um tiro no tórax e um dos bandidos morreu no local do crime. O restante da quadrilha conseguiu fugir, deixando uma pistola e o seu parceiro de roubo.

Os bombeiros foram acionados para socorrer o caminhoneiro ferido. O mesmo foi levado às pressas para um hospital da região, para a retirada da bala que ficou alojada no tórax.

Publicidade

As vítimas seguiram para a delegacia mais próxima, onde esclareceram todo o ocorrido.

A mulher do caminhoneiro disse ao delegado, Marcos Alvarenga, responsável pelo caso, que a quadrilha de criminosos pretendiam levar a família para um local deserto, onde eles iriam ficar em um cativeiro e só seriam libertados após uma certa quantia em dinheiro. O delegado informou que, em Itaquiraí, o índice de roubos a caminhões vem crescendo a cada dia que se passa, e com a morte de uma dos integrantes da quadrilha iria amenizar os roubos naquela região. #Bombeiros