Ximena Suarez, comissária de bordo do voo com a delegação da #Chapecoense que conseguiu sobreviver à queda do avião, usou seu perfil no Facebook para defender o piloto da aeronave, Miguel Quiroga, que morreu na #Tragédia. As investigações foram inicializadas agora, mas já existe a suspeita de que ele teria voado com pouca gasolina, desrespeitando as normas internacionais e isso foi o que ocasionou a queda do avião.

Especialistas estão afirmando que se o piloto tivesse respeitado as regras da aviação, o avião teria autonomia de voo por mais tempo, conseguindo aguardar até que chegasse o seu momento de aterrissagem.

A comissária postou uma mensagem no Facebook perguntando: "Por que não parar de culpar?" e Ximena Suares ainda pediu respeito à dor da família do piloto e voltou a dizer que como o compatriota não está vivo, não há como se defender e dar a sua versão de tudo que aconteceu naquela madrugada.

Publicidade
Publicidade

"Este pobre homem também morreu, não saiu ileso, não sobreviveu para voltar para sua casa ou simplesmente nos contar a sua versão sobre o fato ocorrido", postou a comissária na rede social, o que acabou dividindo opiniões, pois enquanto alguns concordavam com ela, outros criticavam dizendo para ela parar de defender um assassino.

Ainda no Facebook, a comissária disse que até antes da queda do avião, o piloto era o melhor, super admirado por todos, só que as pessoas nunca ficam satisfeitas e estão sempre prontas para julgar e que muitos se deixam levar pela "cabeça dos outros".

Em um post anterior, Ximena Suares escreveu que nenhuma folha cai sem que Deus permita e infelizmente a vida não é eterna e todos são "passageiros da nave a bordo chamado vida".

Para a comissária, o piloto do avião que caiu com a delegação da Chapecoense é um herói e alegou que estava dizendo isso porque ele permitiu que todos os tripulantes pudessem ter um enterro digno.

Publicidade

Por enquanto, aqui no Brasil, todos estão voltados para o velório coletivo que acontece no estádio Arena Condá, em Chapecó, mas após os enterros, essa questão de "descobrir o culpado" voltará a ser debatida e com o avanço das investigações, veremos se o piloto será mesmo apontado como culpado pela queda do avião ou não. #Acidente