Muita gente espera o ano todo para poder descansar entre dezembro e janeiro, mas sua paz pode ser frustrada pela ação de criminosos. Quando as pessoas viajam, meliantes aproveitam para invadir casas e saquear tudo o que veem pela frente.

Para não deixar de fazer a sua viagem de #Férias e ao mesmo tempo se defender de ações de bandidos, a Polícia Militar do Distrito Federal criou um guia para as pessoas se defenderem. Confira!

Não deixe sua casa parecer que está abandonada

As pessoas viajam e ainda que não falem nada para ninguém, isso se torna nítido pelo excesso de jornais jogados no chão e muita sujeira. Essa é a principal característica que os bandidos reparam na hora de planejar uma invasão.

Publicidade
Publicidade

Por isso, se assinar jornais ou revistas, contate a empresa e peça para suspender a entrega durante a sua viagem.

Peça a ajuda de um parente ou vizinho de confiança

Às vezes, mesmo com a suspensão da entrega de jornais e revistas, tem os folders comerciais que acabam acumulando em seu portão e garagem. No período noturno, isso e a escuridão mostram para o criminoso que sua casa está livre para ele invadir. Por isso, antes de viajar, verifique se um parente ou vizinho pode ir na sua casa acender a luz da garagem ou de algum cômodo que a janela seja visível ao ambiente externo. Isso mostra movimento na casa.

Não viaje e deixe a luz acessa

Muita gente decide deixar a luz da garagem, área de lazer ou sala, acessa. Mas a constante luz acessa dia e noite também ‘entrega’ para os bandidos que sua casa está vazia.

Publicidade

Para quem gosta de investir em tecnologia, existem alguns sistemas eletrônicos, onde é possível programar uma hora certa para que uma ou mais luzes se acendam. Entretanto, esse tipo de tecnologia costuma ser um pouco cara, já que são poucas as empresas que investem na mesma.

Seja discreto

Não comente com outras pessoas, além das que viajarão com você e as que realmente são necessárias, que irá viajar. Evite publicar nas redes sociais que está no aeroporto ou lugar muito longe, isso pode ser um presente para pessoas que querem tirar proveito de sua casa. Além disso, nem todo invasor quer furtar as casas, mas costumam usar as mesmas para guardar, temporariamente, armas e entorpecentes.

Reforce a segurança do imóvel

Tenha janelas com grades e invista em trancas que reforce a segurança e dificulte a ação criminosa. Se puder, invista em algum sistema de alarme. Dá até para improvisar e usar uma ligação de alarme de carro nas maçanetas das portas. Alarmes interligados com a casa de vizinhos e parentes também são importantes, pois as pessoas receberão um alerta sobre qualquer situação estranha no imóvel.

Publicidade

Cuidado com as malas!

Na hora de colocar as malas no veículo, faça isso enquanto ainda estiver na garagem. Não deixe para acomodá-las no porta-malas após colocar o carro na rua. Você pode não perceber, mas tem sempre alguém te observando, seja por curiosidade ou com má intenção. Então, melhor não arriscar.

Você não é um herói!

Por fim, você, seus parentes ou vizinhos que cuidem da casa, nunca devem tentar se livrar de um bandido sozinhos. Ao perceber que algo está errado, seja através de um sistema de alerta ou observando a casa de alguém, sempre chame a polícia. Por determinação legal, o número 190 pode ser discado, gratuitamente, de qualquer telefone, inclusive dos celulares que estejam fora da área de cobertura. #Casos de polícia