Neste domingo, 18, o time da Chapecoense passou por mais um momento triste em sua história. Isso porque Victor Toniazzo, de dezoito anos, diretor de bandeiras da Torcida jovem do time, acabou sendo morto de maneira bárbara. De acordo com informações do portal de notícias R7, ele estava em um complexo esportivo no bairro de Engenho Braun, no município de Chapecó, em Santa Catarina, quando tudo aconteceu. Tudo começou com uma briga que não envolvia o líder da torcida da #Chapecoense. Toniazzo estava vendo uma briga entre amigos, quando tentou separar o embate. Um amigo do representante do time de Santa Catarina, que é menor de idade, estaria envolvido na confusão.

Publicidade
Publicidade

Assassinato foi efetuado, após rapaz tentar acabar com confusão envolvendo membro de sua torcida

O rapaz acabou levando uma facada em seu tórax e faleceu antes mesmo dos bombeiros chegarem ao local. Essa é mais uma tragédia envolvendo o time, que no final de novembro passou por um grande mal. Um avião que levava o clube para a final da Copa Sul-Americana caiu a 38 Km do aeroporto de Medellín, na Colômbia. 71 pessoas faleceram. Apenas seis estão vivas. O jovem havia ficado conhecido no cenário nacional, pois recebeu em sua cada torcedores do Atlético Nacional de Medellín. Eles vieram ao Brasil na expectativa de acompanharem o desfecho da disputa esportiva, que acabou nunca acontecendo.

Lamentos através da internet

Toniazzo era visto como um rapaz bacana e boa praça. No Facebook, a página oficial da Torcida Jovem da Chapecoense publicou um post em que lamenta tudo o que aconteceu.

Publicidade

A mensagem foi publicada por volta das nove horas da noite. A mensagem fala de Deus e que o diretor de torcida será recebido nos braços de Deus, assim como o que ocorreu com a Chapecoense. O portal de notícias R7, que divulgou o caso, disse que tentou entrar em contato com a Polícia Civil do estado de Santa Catarina, não obteve resposta até o fechamento desta reportagem.

Outros amigos também fizeram lamentos nas redes sociais. Ainda não se sabe quem teria dado as facadas.