De acordo com informações do site da revista Veja, em reportagem publicada nesta sexta-feira, 30, a embaixatriz da Grécia no Brasil, a brasileira Françoise Amiridis, seria a responsável pela morte do próprio marido, o embaixador Kyriakos Amiridis. Ele tinha cinquenta e nove anos e teve o corpo encontrado carbonizado no Arco Metropolitano, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, no Rio de Janeiro. O sumiço do embaixador repercutiu em todo o mundo, pois tinha ares da violência da cidade. Chegou-se a ter a suspeita de que bandidos pudessem ter participado da ação, sendo um crime que mostraria o poder do tráfico de drogas local.

No entanto, a Divisão de Homicídios da Baixada Fluminense trabalha agora com a possibilidade de #Crime passional.

Publicidade
Publicidade

Isso porque Françoise tinha um amante, um policial militar. Os dois e outras duas pessoas teriam organizado o assassinato do diplomata. Manchas de sangue foram encontradas na casa do casal, em um sofá, que sequer foi limpo. Acredita-se que Kyriakos tenha sido morto em sua residência e depois colocado no carro, que foi queimado. O policial militar Sérgio Gomes Moreira Filho, amante da embaixatriz, já teria confessado o crime. Ele tem vinte e nove anos e trabalhava na Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) do Morro do Fallet.

O policial decidiu confessar que cometeu o crime, após agentes exibirem uma filmagem dele entrando e saindo da casa da amante, na noite do crime. Ele admitiu que participou do crime, mas deixou lacunas que devem ser esclarecidas com o tempo. Segundo a Veja, a embaixatriz e seu amante começaram a tramar o assassinato do grego ainda no dia 22.

Publicidade

Tudo começou quando ela apanhou do marido em casa e contou tudo para o amante. Eles então decidiram matar o diplomata.

O Instituto Médico Legal (IML) confirmou que o corpo achado carbonizado em um carro na Baixada Fluminense era mesmo do embaixador. Novos exames devem ser feitos para determinar a causa da morte.

Veja abaixo o vídeo que mostra mais a respeito sobre o crime. O vídeo exibe um link do canal a cabo de notícias Globo News.

#Investigação Criminal