Um dos trabalhos muito importantes da sociedade, mas que infelizmente não recebe a atenção necessária é o dos Bombeiros. Todos os dias eles se colocam em ações de risco, na tentativa de prestar socorro a desconhecidos. Muitas vezes, os seres salvos por esses heróis não são homens, mas sim #Animais. Veja só o que aconteceu na cidade de Peruíbe, localizada no Sul do litoral do estado de São Paulo. Um cachorrinho arteiro acabou se embrenhando em uma região de mata. Distraído, ele acabou caindo em uma espécie de poço natural. Seu dono viu tudo, mas percebeu que o resgate do animal era perigoso, já que o poço era muito profundo e ele não tinha como chegar ali sozinho.

Publicidade
Publicidade

O dono do pobre cachorro desastrado então ligou para o Corpo de Bombeiros da cidade e homens do batalhão tiveram que se esforçar para salvar o animal. Ao chegar no local da queda, os heróis da sociedade moderna se surpreenderam com a profundidade do buraco onde o animal havia caído. A surpresa seria maior, quando eles descobriram que o cachorro estava a trista metros abaixo deles. É impressionante como o melhor amigo do homem conseguiu ter uma queda tão violenta, mas sobreviveu. Acredita-se que as folhas secas que estavam no buraco tenham ajudado a amortecer a queda do animal, que continuou latindo indicando onde estava, facilitando assim o trabalho dos homens dos Bombeiros.

De acordo com informações do portal de notícias R7, os militares tiveram que usar um tronco de uma árvore para fazer uma espécie de rapel até o local exato onde estava o cachorrinho.

Publicidade

No tronco, ficaram amarrados equipamentos de segurança. A operação mesmo assim sempre envolve riscos, como a possibilidade da corda acabar arrebentando. Por isso, todo cuidado precisa ser seguido, assim como os rituais de segurança, evitando provocar um acidente ainda maior.

A área de mata fechada e corria até o risco de que parte da terra acabasse deslizando, fazendo com que o animalzinho fosse até mesmo soterrado. Isso diminuiria as chances dele sobreviver. Apenas muito assustado, o animal foi salvo. Ele não tinha nenhum ferimento grave.