A #Família do senhor José Ribamar de Fátima Rodrigues é uma das várias famílias que sofrem pelo desaparecimento um ente querido. Mas, ao contrário de outras famílias, ele decidiu que não esperaria por notícias de seu filho em casa. Foi então que José Ribamar decidiu imprimir algumas fotos de seu filho, Cleilton dos Santos Rodrigues, e sair pelo país em sua busca. Cleilton se mudou do Maranhão e estava morando na cidade de Guariba, interior de São Paulo. A última vez que foi visto, ele estava em seu trabalho e chorava por algum motivo.

Vinte dias após o desaparecimento de Cleilton dos Santos, José Ribamar decidiu sair em sua busca, deixando para trás oito pessoas que também aguardavam notícias do jovem.

Publicidade
Publicidade

O senhor José viajou primeiro para a cidade onde seu filho desapareceu, e nas cidades por onde passava deixava registrado boletim de ocorrência de desaparecimento de seu filho. Diversas vezes, ele enfrentou preconceito por pensarem que ele era mendigo ou por pensarem que estaria tirando proveito da situação.

Após muitas procuras, José Rodrigues conseguiu uma pista. Um boletim de ocorrência registrado no dia 17 de março, em Araraquara (SP), informava que Cleilton havia sido encontrado. Chegando ao local, o senhor José procurou os funcionários do Centro de Atendimento à População de Rua e foi informado por eles que Cleilton esteve no local e foi dada a ele uma passagem para São Paulo.

O senhor José não gostou da atitude dos funcionários em dar a passagem ao rapaz, uma vez que seu filho é portador de esquizofrenia e estava visivelmente transtornado.

Publicidade

Sabendo então que seu filho havia embarcado para São Paulo, senhor José foi atrás dele. Chegando à rodoviária da capital, recebeu a confirmação que ele havia desembarcado no dia 18 de março. Desde o dia em que chegou à capital, senhor José enfrenta uma batalha diária para encontrar seu filho, até mesmo fome ele já passou. Para facilitar a procura, ele se uniu a outras famílias que também procuram parentes e eles se reúnem todos os dias na praça da Sé em busca de seus familiares.