Um lugar que deveria receber apenas sorrisos infantis foi palco de uma morte violenta na madrugada do último sábado (3), em uma pequena cidade do Piauí.

Conforme o Jornal Meio Norte, um rapaz foi assassinado a facadas em um centro de diversões, localizado no município de Pedro II, na região Norte do Estado.

O funcionário morto chamava-se Maycon Henrique Rodrigues da Costa e tinha 20 anos de idade. O jovem trabalhava do parque de diversões junto com o suspeito de seu homicídio.

Segundo informações da equipe da Polícia Militar que atendeu a ocorrência, o assassinato ocorreu por conta de desentendimentos. A vítima teria discutido com o companheiro de função, este identificado como Ademir Lira Damasceno, de 16 anos de idade.

Publicidade
Publicidade

Ademir foi preso no início da manhã seguinte ao #Crime como principal suspeito. Ele havia fugido, mas a Polícia Militar fez buscas nas imediações e conseguiu localiza-lo em um terreno abandonado.

As suspeitas da polícia se confirmaram, pois na delegacia o acusado confessou que cometeu o crime depois de receber ameaças de Maycon ao longo das brigas que tiveram ainda durante o expediente de trabalho, naquele sábado.

Ademir teria partido para cima da vítima e desferido vários golpes no pescoço. A faca por ele utilizada foi apreendida pela polícia e tinha características de facas usadas para cortar carnes em frigoríficos.

Após as agressões, Maycon chegou a se sentar em um dos brinquedos do parque para esperar o socorro médico. Entretanto, gravemente ferido e perdendo muito sangue, ele acabou não aguentando e perdeu os sentidos.

Publicidade

Quando foi socorrido já era tarde demais. Maycon era separado e deixa dois filhos pequenos, no município de Demerval Lobão, onde também residia.

Ademir é morador da cidade de Campo Maior e é conhecido popularmente como Gordinho. Ele vai responder por homicídio doloso, quando há a intenção de matar.

A polícia não divulgou o motivo das discussões entre os dois funcionários e nem se algum responsável pelas instalações estava no local quando os fatos ocorreram. #Casos de polícia